16 de junho de 2024Informação, independência e credibilidade
Esportes

Com derrota e sob vaias, CSA se garante na Copa do Brasil de 2025

Azulão administra vantagem conquistada no jogo de ida e deixa o Rei Pelé com torcida na bronca, após derrota para o CSE

Foto: Ailton Cruz

Por Dyego Barros

O CSA administrou a vantagem que abriu sobre o CSE em Palmeira dos Índios, no jogo de ida da seletiva da Copa do Brasil, e confirmou, mesmo com derrota por 2 a 1, a classificação para a próxima edição da competição nacional, ao receber o Tricolorido no Estádio Rei Pelé, na noite desta quinta-feira (11/4).

Embora indigesto, o revés sofrido pela margem mínima diante do 3º colocado do Campeonato Alagoano serviu, já que o campeão da Copa Alagoas poderia perder por até um gol de diferença para conquistar o objetivo, depois de abrir 2 a 0 no Juca Sampaio, na primeira parte do confronto de 180 minutos.

Os gols da partida

Ibson Melo abriu o placar para os visitantes, aos 15 minutos do 1º tempo. Aos 45’ jogados, Marquinhos marcou para o time marujo, deixando tudo igual no marcador. Já na etapa complementar, Recife recolocou o Tricolorido na frente, a 32 minutos do fim do tempo regulamentar.

Protesto nas arquibancadas

Mesmo com a confirmação da vaga, a partir da soma do placar agregado, a torcida não perdoou o Azulão, deixando clara sua insatisfação com a atuação dos comandados de Cristian de Souza. Ao apito final do árbitro José Ricardo Laranjeira, sobraram vaias para os jogadores e comissão técnica.

Agenda

Encerrados os compromissos estaduais, CSA e CSE agora se concentram no Campeonato Brasileiro. Dia 21, o Azulão estreia na Série C, enfrentando o Ypiranga, fora de casa. O Tricolor, por sua vez, volta a campo no dia 29, quando recebe o Retrô, na cidade de Palmeira dos Índios, em duelo válido pela Série D.