22 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Policia

Comandante do Exército ameaçou prender Bolsonaro, diz ex-chefe da FAB

A ameaça foi feita durante a orquestração do golpe Estado para o ex-presidente ficar no poder

General Freire Gomes ameaçou prender Bolsonaro por tentativa de golpe de Estado

Em depoimento à Polícia Federal (PF), o ex-comandante da FAB, Carlos Almeida Baptista Júnior, disse que o ex-comandante do Exército, general Freire Gomes, havia ameaçado prender o então  presidente Jair Bolsonaro, caso ele levasse adiante uma tentativa de golpe de Estado.

“Depois de o presidente da República, Jair Bolsonaro, aventar a hipótese de atentar contra o regime democrático, por meio de alguns institutos previsto na Constituição (GLO ou estado de defesa ou estado de sítio), Freire Gomes afirmou que “caso tentasse tal ato teria que prender o presidente da República”, afirmou o ex-comandante.

Segundo Baptista Júnior, ele também teria alertado Bolsonaro que não apoiaria o golpe durante uma reunião dos comandantes das Forças Armadas. “[O depoente] deixou claro ao então presidente Jair Bolsonaro que não aceitaria qualquer tentativa de ruptura institucional para mantê-lo no poder”, diz o documento.