19 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Blog

Da vida fácil para a reeleição ao jogo duro na disputa das prefeituras municipais

Muitos serão eleitos com a força da grana dos orçamentos secretos, mas há os que vencerão pelo bom trabalho

Luciano, Chicão e o Padre Eraldo: Certezas e expectativas

São poucos os prefeitos de Alagoas que vão a reeleição orgulhosos da boa gestão que realizam.

Há os que vão chegar endinheirados para vencer, graças aos orçamentos secretos do meio político, como há quem esteja disparado na preferência popular pelo trabalho realizado. E esses são poucos.

Um dos que navegam em céu de brigadeiro é o prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa. Lá ele é considerado único

O trabalho que realiza na cidade é tão bem reconhecido pela população, que os adversários estão receosos em ir à disputa e alguns já falam até em compor com a gestão.

Quer dizer, Luciano Barbosa é hoje um prefeito sem concorrência na cidade.

Outro que segue disparado sem ser incomodado por adversários é o prefeito da cidade ribeirinha de Paulo Jacinto, na fronteira da zona da mata com o agreste alagoano.

Francisco Ferreira Fontan, o Chicão, anda sereno pelas ruas sem ser incomodado politicamente, por que os adversários desapareceram.

E a razão é única: a gestão que realiza é disparada a melhor dos novos tempos políticos do município.

Isso lhe deu um alto índice de aprovação popular.

Agora quem não está com vida fácil é a prefeita de Delmiro Gouveia, Ziane Costa. Ela que a pouco tempo navegava em céu de brigadeiro, de repente encontrou um adversário que preocupa a gestão da principal cidade do sertão alagoano.

Trata-se do ex-prefeito Padre Eraldo.

Ele conseguiu unir a oposição para pavimentar sua caminhada e passou a ser uma alternativa concreta na disputa pela prefeitura sertaneja.

O padre já fala que Delmiro precisa se livrar da dinastia de Lula Cabeleira na cidade.

Pelo que dizem é prenúncio de jogo duro.