22 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Dantas assina nesta terça termo de adesão ao Pacto Nacional pela Consciência Vacinal

Projeto busca conscientizar a população sobre a importância da vacinação

Pacto visa ampliar as coberturas vacinais dos imunizantes que integram o Calendário Nacional de Vacinação. Foto: Carla Cleto / Ascom Sesau

O governador Paulo Dantas assina, nesta terça-feira (7), às 10h, o termo de adesão ao “Pacto Nacional pela Consciência Vacinal”, durante cerimônia a ser realizada no Palácio República dos Palmares, em Maceió. O projeto é do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e busca conscientizar a população sobre a importância da vacinação prevista no Programa Nacional de Imunização (PNI) para a prevenção de doenças, visando à retomada da ampla cobertura vacinal no Brasil.

O evento contará com a presença do secretário de Estado da Saúde de Alagoas, médico Gustavo Pontes de Miranda; do conselheiro nacional do Ministério Público, Jayme de Oliveira; e do procurador-geral de Justiça de Alagoas, Lean Araújo, além de gestores e técnicos da Sesau e dos municípios alagoanos.

Entre os objetivos do Pacto Nacional pela Consciência Vacinal está o compromisso de incentivar uma atuação coordenada e nacional entre o Ministério Público e órgãos e entidades envolvidos com a saúde pública. A iniciativa também busca reacender em parte da população brasileira uma consciência vacinal, para que o país possa ter uma retomada de índices seguros e homogêneos de cobertura das vacinas.

 

O secretário de Estado da Saúde ressaltou a importância da vacinação para o controle das doenças infectocontagiosas. “O SUS [Sistema Único de Saúde] possibilita a vacinação de milhões de brasileiros de forma ágil e assertiva. Com os imunizantes aplicados de forma massiva na população, nós já conseguimos erradicar doenças no nosso país. Outro exemplo é a Covid-19, que só conseguimos enfrentá-la com as vacinas. Infelizmente, criou-se um discurso desfavorável aos imunizantes, mas precisamos combater essa narrativa que mata e assinar o Pacto Nacional pela Consciência Vacinal do CNMP, que reforça o nosso compromisso com a saúde dos alagoanos”, afirmou o médico Gustavo Pontes de Miranda.

Criado em novembro de 2022, o Pacto Nacional pela Consciência Vacinal já conta com a participação de mais de 170 instituições, como Ministério da Saúde; Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS); Conselhos Nacional e Municipal de Secretários de Saúde; Unicef, braço da Organização das Nações Unidas para a infância; e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Todos têm contribuído para potencializar a campanha vacinal no Brasil, e o governo de Alagoas chegará ao projeto para somar esforços pela causa.