2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Dantas fala em “obra histórica” ao participar da OS da ponte Penedo-Neópolis

Sonho antigo da população das duas cidades, serão investidos R$ 210 milhões pelo Governo Federal

Governador Paulo Dantas durante assinatura da Ordem de Serviço para construção da Ponte Penedo-Neópolis, entre Alagoas e Sergipe: obra histórica. Foto: Edvan Ferreira/Agência Alagoas

O que antes era sonho, agora começa a se tornar realidade. O governador Paulo Dantas participou, neste sábado (13), da assinatura da Ordem de Serviço para a construção da ponte ligando as cidades de Penedo e Neópolis (SE), por meio da BR-349. A construção beneficiará mais de 80 mil pessoas diretamente e está orçada em R$ 210 milhões, oriundos do Governo Federal. O evento contou com a participação dos ministros Renan Filho (Transportes), Márcio Macêdo (Secretaria da Presidência da República) e do governador de Sergipe, Fábio Mittidieri.

A obra é um sonho antigo da população da região, que há décadas aguardava a concretização desse projeto. A ponte será construída pelo Governo Federal, por meio do Ministério dos Transportes, e terá uma extensão de 1,18 quilômetros, 18 metros de largura e um trecho central em balanço sucessivo de 300 metros com vãos laterais de 75 metros e vão central de 150 metros. A ponte vai beneficiar mais de 80 mil pessoas das duas regiões, contribuindo para o desenvolvimento econômico, a geração de empregos, e movimentar o turismo e a redução do tempo de viagens.

“Vai melhorar qualidade de vida, escoação e impulsionar o turismo”, afirma Paulo

Para o governador Paulo Dantas, a construção da ponte não simboliza apenas um meio para facilitar a travessia entre os dois estados, mas também o fortalecimento do turismo para os estados, desenvolvimento econômico e social.

“Essa é uma obra histórica para a nossa região. Ela vai melhorar a qualidade de vida da população, facilitar o escoamento da produção local e impulsionar o turismo, desenvolver economicamente os dois estados. São muitas oportunidades que surgem com essa obra. Inclusive, que R$ 60 milhões do valor total será exclusivamente para a contratação de mão-de-obra com prioridade para residentes em Penedo e Neópolis”, destacou Paulo Dantas.

O ministro Renan Filho destacou os esforços dos governos estaduais e do Governo Federal para que a obra saísse do papel e o sonho dos alagoanos e sergipanos se concretizasse.

“Há muitos anos que essa ponte era sonhada, planejada, mas que era difícil que verbas fossem destinadas para que de fato saísse do papel. Mas agora, com os esforços do presidente Lula, das bancadas federais que alocaram emendas e dos governos estaduais, estamos aqui para assinar a Ordem de Serviço e, finalmente, ver esse sonho se tornar realidade. E tenham certeza de que o presidente Lula estará aqui para a inauguração desta obra que vai ligar o Nordeste pelo litoral”, afirmou.

O governador de Sergipe, Fábio Mittidieri, enfatizou a importância da ponte para o desenvolvimento econômico do Nordeste e lembrou da primeira vez que encontrou com o governador Paulo Dantas e juntos firmaram o compromisso de que esta deveria ser uma prioridade de ambas as gestões.

“A ponte Neópolis-Penedo é uma obra importante para o desenvolvimento do Nordeste. Ela vai integrar os estados de Alagoas e Sergipe e fortalecer a economia da região. Lembro da primeira vez que encontrei o governador Paulo, em dezembro de 2022, e que firmamos o compromisso de que iríamos em busca de apoio federal, porque esta obra deveria ser e é uma prioridade das nossas gestões”, afirmou.

Largo de São Gonçalo foi local do ato histórico

 A solenidade de assinatura da ordem de serviço aconteceu no Largo de São Gonçalo, localizado no Centro Histórico do município de Penedo, em Alagoas. Além dos governadores de Alagoas e Sergipe, também participaram da solenidade os superintendentes Regionais de Alagoas e Sergipe, André Paes e Halpher Luiggi, respectivamente.

A construção da ponte Neópolis-Penedo é uma parceria entre o Governo Federal, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), e os governos dos estados de Alagoas e Sergipe.

Também participaram do evento deputados estaduais, federais e senadores de Alagoas e Sergipe, além de secretários estaduais, vereadores e prefeitos alagoanos e sergipanos.