24 de fevereiro de 2024Informação, independência e credibilidade
Expresso

Defesa Civil de Maceió inicia ações de enfrentamento ao período chuvoso

Supressão de árvore e limpeza de galerias são realizadas em conjunto com outras secretarias do município de Maceió

Defesa Civil de Maceió inicia ações de enfrentamento ao período chuvoso
Equipe realizou ocorrência na Grota do Canaã para solicitar a retirada de uma árvore que caiu no córrego. Foto: Ascom Defesa Civil Maceió
A Defesa Civil de Maceió iniciou, esta semana, as ações de enfrentamento ao período chuvoso de 2024, realizando as demandas prevista no Previne Maceió, plano de prevenção produzido e coordenado pelo órgão municipal.

O plano dispõe das atividades desenvolvidas por cada secretaria do município de Maceió, que está dentro do escopo de defesa civil em situações de eventos extremos, como fortes chuvas e/ou inundações.

Antes do período chuvoso, que se inicia no mês de abril, a Defesa Civil Municipal prepara o plano fazendo o levantamento das áreas de risco e identificando as demandas existentes em cada localidade. Além desta identificação in loco, o órgão conta com os Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDEC’s) e com a população, que pode acionar a Defesa Civil ligando para o 199.

Entre as ações realizadas estão a poda e supressão de árvores, limpeza de galerias de águas pluviais e desobstrução de canais. “As ações preventivas são extremamente importantes para que não tenhamos maiores danos quando as chuvas fortes iniciarem, pois já estamos preparando a cidade e eliminando riscos”, salienta Matheus Montenegro, diretor de planejamento, prevenção e redução de risco.

A Defesa Civil Municipal identifica a ação que deve ser realizada e aciona as demais secretarias que são responsáveis por realizar as demandas.

Entre as principais ações de prevenção estão a poda e supressão de árvores e a desobstrução de canais. Foto: Ascom Defesa Civil Maceió
Entre as principais ações de prevenção estão a poda e supressão de árvores e a desobstrução de canais. Foto: Ascom Defesa Civil Maceió

Confira as competências de cada secretaria dentro do plano de enfrentamento ao período chuvoso, o Previne Maceió:

Defesa Civil de Maceió

Atuará na sistematização do diagnóstico e encaminhamento das situações de risco para os órgãos competentes.

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Pode contribuir com o oferecimento de escolas que servirão de abrigo.

Secretaria Municipal de Saúde (SMS)

Auxilia nos cuidados sanitários com as famílias abrigadas.

Secretaria Municipal de Segurança Cidadã (Semsc)

Faz a demolição dos imóveis condenados.

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Primeira Infância e Segurança Alimentar (Semdes)

Facilita o acesso das famílias desabrigadas e desalojadas aos abrigos municipais.

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Habitacional (Semhab)

Realiza o cadastro das famílias no programa de habitação.

Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra)

Atua nas obras de drenagens das encostas.

Autarquia Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Limpeza urbana (Alurb)

Atua nas supressões e podas das árvores que possam prejudicar em casos de deslizamento.

Departamento Municipal de Transporte e Trânsito (DMTT)

Atua nas interdições das vias, para garantir um fluxo seguro.

Prevenção

A atuação preventiva da Defesa Civil Municipal traz resultados positivos para a cidade de Maceió. Nos últimos dois anos, não houve registro de vítimas fatais durante o período chuvoso.

As obras de proteção e contenção de encostas colaboraram para a diminuição dos números de deslizamentos de massa, que foi consideravelmente reduzido.

No ano de 2022, das 3.628 ocorrências atendidas pela Defesa Civil de Maceió, 806 foram de deslizamento de massa nas encostas. Já em 2023, apenas 156 entre as 1.809 registradas durante todo o ano.

“Com todo o volume de ações preventivas que estamos realizando, desde o início desta gestão, a perspectiva é a de que possamos enfrentar os períodos chuvosos de cada ano que passa com o menor dano possível, reduzindo os números de ocorrências, salvaguardando a vida dos maceioenses que residem em áreas de risco”, conclui o diretor.