14 de junho de 2024Informação, independência e credibilidade
Economia

Desemprego cai para 7,7% no Brasil e Alagoas registra maior resultado em 2 anos

No Brasil, população ocupada é de 99,8 milhões, com o menor nível de desemprego desde o último trimestre de 2014

A taxa de desemprego no Brasil caiu para 7,7% no terceiro trimestre deste ano. No segundo trimestre, o índice era 8% e no terceiro trimestre do ano passado, 8,7%. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada nesta terça-feira (31), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

É o menor nível de desemprego desde o último trimestre de 2014 (6,6%). A população desempregada ficou em 8,3 milhões no terceiro trimestre deste ano, 3,8% abaixo do trimestre anterior e 12,1% a menos do que o terceiro trimestre de 2022.

Já a população ocupada foi de 99,8 milhões, o que representou uma alta de 0,9% em relação ao trimestre anterior e 0,6% na comparação com o terceiro trimestre do ano passado. É também o maior contingente da série histórica, iniciada em 2012.

Alagoas

O estado de Alagoas registrou no período 27.443 admissões e 11.283 desligamentos. O estado finaliza o mês com saldo positivo de 16.160 vagas e um estoque de 407.958, o maior resultado desde setembro de 2021 e o terceiro melhor saldo da história.

Somente na capital Maceió foram 7.596 contratações. Como houve 6.095 desligamentos, o saldo para o mês de setembro, portanto, foi de 1.501. A capital alagoana possui 217.324 vagas em estoque.