15 de junho de 2024Informação, independência e credibilidade
Cotidiano

Devoto na fé: saiba o significado da sexta-feira da paixão

Para a igreja católica, trata-se de um dia marcado por um caráter profundamente penitencial,

Cristo na cruz: o sacrifício supremo de Jesus por amor à humanidade.

No cristianismo, a Sexta-feira Santa ou Sexta-feira da Paixão, tem um significado profundo e emblemático para o povo devoto na fé.

É este o dia em que os cristãos lembram a crucificação de Jesus Cristo e sua morte no Calvário. Por isso mesmo, considerado um dos momentos mais sagrados e significativos da fé cristã, representando o sacrifício supremo de Jesus por amor à humanidade.

Um sacrifício sem ódio e voltado para a redenção dos pecados do mundo.

A data faz parte da Semana Santa, que começa no Domingo de Ramos e culmina no Domingo de Páscoa, quando se celebra a ressurreição de Jesus.

A Sexta-feira Santa é um dia de luto, reflexão e oração intensa.

Em muitas tradições cristãs, são realizadas cerimônias especiais, como a Via Sacra, que retraça os últimos passos de Jesus até o local de sua crucificação, e a adoração da cruz, como um gesto de reverência e lembrança do sacrifício de Cristo.

Para a igreja católica, trata-se de um dia marcado por um caráter profundamente penitencial, mas solene.

Muitos fiéis jejuam ou praticam alguma forma de abstinência como um ato de penitência e reflexão sobre o significado do sacrifício de Jesus.

Em diversos lugares do mundo, são encenadas procissões e representações da Paixão de Cristo, envolvendo a comunidade em um momento de reflexão sobre os ensinamentos e o amor demonstrado por Crsito a todo o povo.

Sexta-feira da paixão é, portanto, um dia central na fé cristã, simbolizando a profundidade do amor e do sacrifício, bem como a esperança na salvação e na vida eterna prometidas pela ressurreição de Jesus.