22 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Expresso

É fake: Ladeira do Calmon não terá interdição total

Demolições preventivas estão sendo realizadas na área com aviso prévio

É fake: Ladeira do Calmon não terá interdição total
Ladeira do Calmon ficará isolada parcialmente somente durante a demolição das edificações às margens da localidade. Foto: Felipe Sóstenes/Secom Maceió
A Defesa Civil de Maceió tomou conhecimento que circula em redes sociais e em grupos de aplicativo de mensagens que a Rua Passos de Miranda, no bairro Bebedouro, mais conhecida como Ladeira do Calmon, seria interditada por 20 dias.

A informação é inverídica, já que não haverá interdição total da ladeira em nenhum momento. Está acontecendo no local demolições preventivas recomendadas pela Defesa Civil Municipal, o que é uma ação já prevista em toda a região dos bairros afetados pelo afundamento do solo.

As atividades de demolição das edificações iniciaram, nesta segunda-feira (25), pelo interior da quadra. A Rua Dr. Passos de Miranda (Ladeira do Calmon) ficará isolada parcialmente somente durante a demolição das edificações às margens da ladeira, o que será comunicado com antecedência.

Não haverá interdição total da Ladeira do Calmon em nenhum momento. Foto: Felipe Sóstenes/Secom Maceió
Não haverá interdição total da Ladeira do Calmon em nenhum momento. Foto: Felipe Sóstenes/Secom Maceió

O isolamento de meia pista será realizado preferencialmente no final de semana, quando o trânsito no sentido Flexal, Rua Prof. José da Silveira Camerino, será desviado pela Rua Carteiro João Firmino, à exceção do transporte coletivo e ambulâncias, que terão passagem livre.

Demolição

As atividades de demolição e gestão dos resíduos, assim como o isolamento do local, serão executadas de acordo com normas ambientais e de segurança. Haverá ainda controle da emissão de poeira com água e monitoramento de ruídos na região.

A demolição preventiva de construções com danos estruturais está prevista no 3° Termo de Cooperação (TC3), firmado entre a Braskem e a Prefeitura de Maceió em janeiro de 2020.