18 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Esportes

Edição 2023 de Jogos dos Servidores de Alagoas bate recordes e tem Uncisal e PM em destaque

Este ano superou números de outros anos e contou com grandes disputas nas competições

Competição ocorreu entre os meses de outubro e novembro em três finais de semana, com nove dias de competições e 14 modalidades. Foto: Ruah Santiago

Dentro de um mês de disputas, a edição 2023 dos Jogos dos Servidores de Alagoas rendeu grandes números e superou as edições passadas. Organizado pelo Governo de Alagoas, por meio das Secretarias do Esporte, Lazer e Juventude (Selaj) e Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), contou com grande disputas, destacando as equipes da Universidade Estadual de Ciências da Saúde (Uncisal) e da Polícia Militar (PM).

A competição ocorreu entre os meses de outubro e novembro. Foram três finais de semana, com nove dias de competições, 14 modalidades, mais de 3 mil atletas e servidores, além dos 48 órgãos da administração direta e indireta envolvidos.

Superintendente da Selaj e coordenadora geral dos Jogos, Lydia Pollyana destacou a edição 2023 dos Jogos. “Mais uma vez o trabalho e a parceria resultaram num grande evento. Organizamos uma grande estrutura e logística, contamos com uma equipe capacitada, com o objetivo de integrar os servidores e oferecer dias de esporte, atividade física e bem-estar entre todos. Este ano foi bom e já vamos planejar a edição do ano que vem”, afirmou.

Os Jogos dos Servidores de Alagoas contaram com as tradicionais modalidades individuais e coletivas, como também as disputas mais recentes no meio esportivo. Exemplo disso a modalidade E-Sports, com futebol digital virtual e o Just Dance, a disputa do Beach Tennis e o ponto alto de toda a competição, a Corrida do Servidor, na orla de Jaraguá.

Secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Gabriel Albino reforçou o compromisso com os servidores para as próximas edições. “Feliz demais em ver o empenho de cada atleta, que deixa a sua zona de conforto, deixa um pouco as suas tarefas para pratica esporte, atividade física e conhecer novas pessoas. Isso nos motiva a pensar e planejar a edição do ano que vem ainda maior do que foi este ano”, completou.

Disputa acirrada

Outros pontos de destaque dos Jogos foram as disputas no Quadro de Medalhas e na Pontuação Geral. Dos 48 órgãos participantes, 26 conseguiram subir no pódio, mas duas entidades em especial, chamaram atenção.

No quadro de medalhas, as equipes da Universidade Estadual de Ciências da Saúde (Uncisal) levaram a melhor. Tendo em vista que as medalhas de ouro têm maior peso, foram 15 douradas, 10 de prata e 2 de bronze, totalizando 27. Em segundo lugar, a Polícia Militar conquistou 38 medalhas no total, sendo 14 de ouro, 11 de prata e 13 de bronze.

Fechando o pódio do quadro de medalhas, a Secretaria da Educação conquistou 10 medalhas de ouro, 8 de prata e 7 de bronze. Secretarias organizadoras do evento, a Seplag terminou em 11º com 3 de ouro, 5 de prata e 5 de bronze, totalizando 13 e a Selaj ficou em 15º com 1 de ouro, 2 de prata e 2 de bronze, fechando 5 no total.

Já na classificação geral final, a Polícia Militar levou a melhor, uma vez que o maior número de medalhas leva a uma pontuação maior. Dessa forma, a PM ficou em primeiro com 1.725 pontos, a Uncisal com 1.260 pontos e a Seduc 1.180 pontos.