16 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Policia

Em depoimentos, generais revelam a ordem de Bolsonaro para o golpe no País

Depoimentos dos militares envolvem diretamente o ex-presidente na trama golpista na tentativa de se manter no poder

Os generais Freire Gomes e Baptista Júnior apontaram Bolsonaro como o líder da tentativa de golpe e negaram participação no conluio

Os ex-comandantes da Aeronáutica e do Exército, respectivamente o tenente-brigadeiro Carlos Almeida Baptista Júnior e o general Marco Antônio Freire Gomes, ouvidos em depoimentos no âmbito do inquérito do STF que investiga a tentativa de golpe de Estado gestada entre o fim de 2022 e o começo de 2023, teriam complicado diretamente a situação do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na empreitada criminosa que tentou derrubar a democracia no Brasil.

A informação foi veiculada no jornal O Globo pela colunista Bela Megale.

Os dois oficiais-generais deram “longos e detalhados” depoimentos, que teriam “ajudado a preencher lacunas importantes” da investigação, o que, na prática, implicaria no envolvimento direto e determinante do ex-presidente de extrema direita na conspiração para se manter no poder.

Os dois militares confirmaram a participação em reuniões e encontros nos quais foi discutida a criminosa minuta golpista que, no desejo de Bolsonaro, seria o documento a nortear o levante e o governo ilegal que poderia vir na sequência.