3 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Maceió

Entenda a nova tecnologia para descarte de lixo em Maceió

Equipamentos foram instalados nas orlas marítima e lagunar

Maceioenses e visitantes contam com nova tecnologia para descarte de lixo na capital
Prefeitura inicia funcionamento de lixeiras substerrâneas. Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió
Maceió agora conta com uma novidade na limpeza urbana. A cidade tem nove contentores subterrâneos de lixo orgânico, reciclável e rejeitos. O funcionamento dos equipamentos começou nesta quarta-feira (7), no calçadão da orla lagunar, na Avenida Senador Rui Palmeira, no Vergel do Lago, no calçadão da Avenida Dr. Antônio Gouveia, na Pajuçara e na Avenida Silvio Viana, na Ponta Verde.

A coleta mecanizada de resíduos sólidos comuns utiliza o Sistema de Contentores Subterrâneos (SCS), sendo uma tecnologia amplamente utilizada na Europa e ainda pouco implementada no Brasil. Consiste no armazenamento de resíduos abaixo do nível do solo, tornando a cidade esteticamente mais bonita, sem lixeiras cheias, transbordando de lixos.

Equipamento é utilizado em locais com grande fluxo de pessoas. Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió
Equipamento é utilizado em locais com grande fluxo de pessoas. Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió

“As lixeiras subterrâneas são a forma mais responsável de armazenar lixo, antes da coleta, em locais com grande fluxo de pessoas. Então, buscamos essa alternativa para trazer benefícios para a população, melhorando a vista cênica destes locais, facilitando o trabalho dos nossos profissionais na coleta e o trânsito de pedestres”, comentou o diretor-presidente da Alurb, Moacir Teófilo.

A Autarquia Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Limpeza Urbana (Alurb), responsável pela obra e manutenção do funcionamento das lixeiras, ainda pretende instalar mais seis equipamentos no canteiro principal do Benedito Bentes.

Lixeiras subterrâneas fazem parte de sistema formado por quatro módulos. Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió
Lixeiras subterrâneas fazem parte de sistema formado por quatro módulos. Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió

“Tudo que vier para aperfeiçoar a limpeza urbana da capital será observado e ampliado por nós. A busca pelo trabalho excelente faz parte da gestão do Prefeito JHC e é isso que estamos fazendo, trazendo novas tecnologias que melhoram o dia a dia das pessoas e as traz para o lado da Prefeitura de Maceió na manutenção da limpeza da cidade”, completou Teófilo.

Conheça o funcionamento das lixeiras

O sistema é composto por quatro módulos:

– Caixa de concreto: é a base para instalação dos demais equipamentos e garante a fixação entre o solo e os equipamentos que ficarão subterrâneos;

– Plataforma com elevação hidráulica: conjunto hidráulico que eleva os contentores subterrâneos até o nível do solo, para sua remoção;

– Contentores de 1.000 litros: armazena os resíduos até que eles sejam coletados;

– Bocas coletoras: fazem a interface entre o sistema de contentores subterrâneos e o usuário.

Veja onde as lixeiras foram instaladas:

Calçadão da orla lagunar – Avenida Senador Rui Palmeira – Vergel do Lago;

Calçadão da orla de Pajuçara – Avenida Dr. Antônio Gouveia (próximo à feirinha de artesanato) – Pajuçara;

Calçadão da orla de Ponta Verde – Avenida Sílvio Viana (próximo a banca de revista) – Ponta Verde.