5 de dezembro de 2023Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Estande do Sesi traz o futuro à Bienal do Livro de Alagoas

Espaço oferece acesso a tecnologias e atividades que estimulam a criatividade

Visitantes são recepcionados por robô EDU | Assessoria

Com um espaço lúdico, pensado para despertar a curiosidade pela ciência, pela arte e pela tecnologia, o Serviço Social da Indústria (Sesi) traz o futuro para a Bienal do Livro de Alagoas 2023. O evento foi iniciado na última sexta-fera (11) e segue até o domingo (20), no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, bairro de Jaraguá.

No estande do Sesi, que vem atraindo um grande público, os visitantes são estimulados a brincar e a aprender. Além de dinâmicas e experiências diferenciadas, as pessoas interagem com os robôs EDU, com o robô que monta o cubo mágico, o tubo de vento e uma série de desafios que estimulam a criatividade.

A diretora de Educação e Tecnologia do Sesi Senai em Alagoas, Cristina Suruagy, explica que o público da Bienal tem a oportunidade de vivenciar o que o Sesi realiza no dia a dia em suas unidades de ensino. “É um espaço para construir significados, imaginar possibilidades de futuro, porque não sabemos como vão ser as profissões daqui a quatro, cinco anos. Então, a gente precisa estimular os nossos alunos, as pessoas, a pensarem com o olhar criativo, dando as condições de arte, ciências, tecnologia e capacidades técnicas para que possam se reimaginar no futuro”, disse.

A participação do Sesi na Bienal 2023, explica Cristina, faz parte desse objetivo. “É motivo de muita satisfação estarmos atrelados a um movimento que inspira e que envolve o estímulo a uma leitura, à busca de conhecimento, seja desde a infância até a vida adulta”, afirmou.

Na manhã desta terça-feira, 15, Anne Gabriely, de 14 anos, que faz o 9º ano em uma escola da rede privada em Maceió, encantou-se com o colorido e o perfil tecnológico apresentado pelo Sesi no evento. “Achei muito interessante. Eu acho muito importante porque é necessário para poder ter contato até com pessoas que querem seguir uma carreira na área tecnológica”, observou.

A professora Anne Vital destacou como é importante estar conectado no mundo atual. “Por mais que eu, como professora de Língua Portuguesa, goste de livros, é impossível viver sem a tecnologia. Então, é bom juntar as duas coisas: o livro e a tecnologia para levar esses meninos a um futuro melhor”, disse a docente.