5 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Estruturas de Carnaval são alvo de força-tarefa de fiscalização do Crea-AL em fevereiro

Tabalho é fundamental para que os festejos não tragam desastres físicos para quem vai aproveitar os dias de folia

Com a chegada da folia nos próximos dias, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL) está atento à segurança da população nos vários eventos carnavalescos agendados para este mês de fevereiro em todo o estado.

Equipes de fiscalização já estão em campo para vistoriar todos os tipos de serviços em festas públicas ou privadas que abranjam profissionais habilitados que podem garantir segurança e conforto aos foliões. Penedo, Delmiro Gouveia, Palmeira dos Índios, Coruripe, Barra de São Miguel, Paripueira e Arapiraca são algumas das cidades que devem receber a força-tarefa.

De acordo com o gerente de Fiscalização do Crea-AL, eng. civil Igor Balbino, “É um trabalho fundamental para que os festejos não tragam desastres físicos para quem vai aproveitar o Carnaval. As atividades exercidas nessas montagens necessitam de suas respectivas Anotações de Responsabilidade Técnica (ART) como principal meio de comprovação de que há responsável técnico habilitado”, disse.

Além da montagem de estruturas de palcos e camarotes, a fiscalização abrange outros mais diversos aspectos como trios elétricos, prevenção e combate de incêndio e pânico, condições sanitárias, entre outros. Isso ressalta que a importância do profissional habilitado vai muito além de uma única modalidade.

“É fundamental que eventos como esses contem também com engenheiros mecânicos, eletricistas, de Segurança do Trabalho, ambientais e outros. Apenas eles são capazes de garantir o bom funcionamento de todo ecossistema que esses eventos exigem”, explicou Balbino.

Denuncie

Qualquer cidadão pode fazer sua denúncia e ter seu sigilo garantido, podendo inclusive anexar fotos da obra denunciada. As informações são encaminhadas para ao setor de Fiscalização do Crea-AL, onde serão analisadas e repassadas para os fiscais responsáveis.

Em caso de conhecimento ou suspeita de alguma irregularidade, você pode fazer sua denúncia ao Crea-AL por telefone (82) 2123 0857, por WhatsApp pelo número (82) 2123 0866, ou clicando aqui.