14 de junho de 2024Informação, independência e credibilidade
Mundo

Extrema direita avança, Macron dissolve parlamento e convoca eleição legislativa na França

Aposta política é de alto risco, a menos de dois meses antes de Paris sediar os Jogos Olímpicos

O presidente francês Emmanuel Macron anunciou neste domingo que vai dissolver o Parlamento e depois convocar novas eleições legislativas no final de junho. A decisão acontece após a derrota nas eleições europeias pelo partido de extrema-direita de Marine Le Pen.

Os resultados foram considerados um desastre para seu governo. O detalhe é que ele faz uma aposta política de alto risco, menos de dois meses antes de Paris sediar os Jogos Olímpicos. Macron diz que as eleições para a Câmara seriam convocadas para 30 de junho, com uma votação de segundo turno em 7 de julho.

A decisão inesperada de Macron pode deixá-lo em uma posição quase impotente se o partido National Rally (RN) de Le Pen obtiver a maioria parlamentar.

Liderado por Jordan Bardella, de 28 anos, o RN obteve cerca de 32% dos votos na votação de domingo do Parlamento Europeu, mais do que o dobro dos 15% da chapa de Macron, de acordo com as primeiras pesquisas de boca-de-urna. Os socialistas ficaram a um passo de Macron, com 14%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.