5 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Maceió

Famílias abrigadas em escola municipal serão transferidas para Casa de Passagem Familiar

Ao todo, três famílias estão recebendo acolhimento da Prefeitura de Maceió

Famílias  abrigadas em escola municipal serão transferidas para Casa de Passagem Familiar
Ao todo, 15 pessoas estão sendo abrigadas pelo equipamento da Prefeitura. Foto: Felipe Sóstenes/Secom Maceió
A Prefeitura de Maceió por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Primeira Infância e Segurança Alimentar (Semdes) continua oferecendo o auxílio necessário para as pessoas que precisam ser realocadas para os abrigos provisórios, devido ao risco de colapso da Mina 18, no bairro Mutange.

Ao todo, foram disponibilizadas seis escolas municipais e a Casa de Passagem Familiar, no bairro do Jaraguá.

Apenas três famílias, no total de 15 pessoas, estão abrigadas na Escola Municipal Doutor Pompeu Sarmento, no Barro Duro, recebendo o suporte técnico e alimentar no equipamento. A partir desta segunda-feira (4), a partir das 20h, essas famílias serão transferidas para Casa de Passagem Familiar, um espaço com mais conforto e privacidade para os abrigados.

Os demais abrigos serão desativados, pela baixa procura e retorno das aulas, mas será mantida a estrutura de funcionamento, caso haja a necessidade de receber outras famílias.

Do último dia 29 de novembro até esta segunda-feira, cerca de 100 pessoas do Bom Parto e Flexal, foram abrigadas na Escola Pompeu Sarmento. Mas a maioria decidiu não permanecer no abrigo e ir para a casa de parentes e amigos.

Segundo o coordenador do Gabinete de Crise da Prefeitura de Maceió, Claydson Moura, nos próximos dias serão ampliados os serviços de assistência para a população do Bom Parto e Flexal com uma estrutura de oito secretarias para atender quem mais precisa.

“Nós iremos mobilizar uma ação para atender toda a população do Bom Parto, de segunda a sexta-feira. Ao todo, serão mobilizadas oito secretarias para oferecer todo o auxílio necessário para a população afetada com serviços assistenciais, de segurança e de saúde”, explicou Moura.

O secretário de Desenvolvimento Social, Fernando Davino, destacou a importância de unir esforços para cuidar dos maceioenses. “O nosso objetivo é cuidar de pessoas e é isso que continuaremos fazendo. Estamos mobilizando diversas equipes e montando estruturas para oferecer alimentação, acompanhamento psicológico, social e tudo que for necessário para oferecer segurança e bem-estar para as famílias, essa é a marca da gestão do Prefeito JHC: cuidar de quem mais precisa”, pontuou.

A transferência para os abrigos provisórios é realizada pela Defesa Civil de Maceió, que pode ser acionada pelo telefone 199.