5 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Expresso

Famoso influencer bolsonarista é alvo num esquema de tráfico de drogas

PF diz que esquema criminoso de Cariani movimentou mais de R$ 6 milhões

Bolsonarista radical, influencer foi preso pela PF num esquema de tráfico de drogas.

Uma operação da Polícia Federal contra o tráfico de drogas teve como alvo, em São Paulo, o famoso influencer fitness bolsonarista, Renato Cariani. A PF pediu a prisão preventiva dele, mas a justiça negou.

Ele é acusado de desviar substâncias químicas para a fabricação de crack, dentro de um esquema criminoso, que movimentou, segundo a PF, mais de R$ 6 milhões.

Já a produção de drogas feita com essas substâncias resultaria em “valores estratosféricos” no mercado clandestino, de acordo com o delegado da PF Vitor Beppu Vivaldi.

Ao todo, a Federal cumpriu 18 mandados de busca e apreensão em endereços de São Paulo, Paraná e Minas Gerais. Um dos mandados foi cumprido na mansão do influencer, amigo do ex-presidente Jair Bolsonaro.

“A análise da  perícia constatou que 12 toneladas de produtos desviados abasteceram o mercado de consumo de drogas e produziram cerca de 15 toneladas de crack”, disse Fabrizio Galli, chefe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da PF.

O cara

Com mais de 7 milhões de seguidores no Instagram e 6 milhões no YouTube, Cariani é um dos mais conhecidos influenciadores fitness do país. Ele ganhou as redes sociais ao dar dicas de emagrecimento e fazer projetos fitness com atletas e personalidades da televisão brasileira, como Danilo Gentilli e MC Daniel.

Entre as Entre as substâncias desviadas para fabricação de crack estão lidocaína, fenacetina, manitol, ácido sulfúrico, éter etílico e acetona. “Essas substâncias também têm aplicações lícitas. Mas todas elas são usadas na produção ou no refino de crack”, disse o delegado do caso.