5 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Justiça

Flávio Dino manda apurar morte de jovem em show da americana James Swift no RJ

Bombeiros afirmaram que durante o show mais de 1000 pessoas desmaiaram com a sensação térmica de 60 graus

Ana Calara, 23 anos, teria morrido por falta de água em um ambiente com sensação térmica de 60 graus

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, determinou neste sábado (18) a abertura de uma investigação sobre a morte da jovem Ana Clara Benevides Machado, de 23 anos.

De acordo com as informações ele teria morrido por falta de água potável no show da Taylor Swift, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Com a onda de calor no local, Ana passou mal durante o show da cantora americana.

As informações são de que durante a performance da cantora, a sensação térmica atingiu a marca de 60 °C. O estádio, lotado, também registrou mais de mil ocorrências de desmaios, segundo os bombeiros.

A jovem, que era fá da Taylor, morava em Rondonopólis, Mato Grosso, e estudava psicologia.

Orientei o secretário nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, Wadih Damous, a adotar as providências cabíveis — ainda hoje — quanto às denúncias de vedação ou ausência de disponibilidade de água para os consumidores que foram ou irão a shows durante essa imensa onda de calor que o Brasil atravessa”, escreveu Dino nas redes sociais.