22 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Governador nomeia os 120 novos aprovados da Polícia Científica

Em menos de dois anos, gestão Paulo Dantas já convocou cerca de dois mil novos servidores públicos na Segurança Pública

O governador Paulo Dantas nomeou 120 novos policiais científicos nesta segunda-feira (6), no Palácio República dos Palmares. Na oportunidade, ele também anunciou a visita, na próxima quinta e sexta, do presidente Lula para assinatura da ordem de serviço do início das obras do trecho 5 do Canal do Sertão, em São José da Tapera, e também para a entrega de apartamentos populares, no bairro do Vergel.

Paulo ressaltou que a atual gestão já nomeou cerca dois mil novos servidores públicos na área. “A segurança pública é uma das pautas estratégicas e prioritárias do Governo de Alagoas. Todo esse investimento em contratações e equipamentos na segurança pública reflete no desenvolvimento social e econômico do estado”, disse. São 30 peritos criminais, 21 peritos médicos legistas, cinco peritos odontolegistas, 14 técnicos forenses, 11 papiloscopistas e 39 auxiliares de perícias.

O vice-governador Ronaldo Lessa frisou o momento como um reforço de novos profissionais na perícia criminal. “Estes novos peritos criminais vão fortalecer os municípios alagoanos, a exemplo de Arapiraca, que necessita bastante destes servidores. Era necessário que o governador tomasse essa atitude para dar mais proteção e mais confiança para a sociedade”, comemorou.

O secretário Flávio Saraiva (Segurança Pública) observou que em apenas dois anos, o governador já investiu mais de R$ 360 milhões na área de segurança pública. “Além desses 12 novos integrantes da Polícia Científica, o govenador já havia nomeado mais de 1.800 policiais”, lembrou.

A perita-geral da Polícia Cientifica, Rosana Coutinho, ressaltou a responsabilidade dos novos profissionais. “A ciência forense ganha cada vez mais importância na investigação criminal, considerando que essa área tem a função de estudar e interpretar, por meio de métodos científicos, os vestígios que caracterizam as infrações penais, para esclarecer os atos delituosos e colaborar com as autoridades responsáveis pela aplicação da lei”, disse.

Aprovado para o cargo de perito criminal, o arapiraquense Adailton Emiliano, 31 anos, representou os outros 120 nomeados durante pronunciamento e ressaltou a vontade que tinha em contribuir com a segurança do estado. “A nomeação materializou o esforço de cada um dos aprovados. Agora, somos parte do Governo de Alagoas. Somos servidores públicos que vão atuar em uma área bem sensível e importante para o desenvolvimento social do estado”, disse.

Estiveram presentes os deputados estaduais Sílvio Camelo e Leonan Pinheiro; os secretários de Estado Paula Dantas (Planejamento, Gestão e Patrimônio), Diogo Teixeira (Ressocialização), do comandante-geral da Polícia Militar, Paulo Amorim e do delegado-geral da Polícia Civil, Gustavo Xavier.