5 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Brasil

Governo anuncia hoje concurso com mais de 6 mil vagas e salários de até de R$ 20 mil

Segundo o Ministério da Gestão, as inscrições vão de 19 de janeiro a 9 de fevereiro.

Ministra da Gestão Esther Dweck vai detalhar o concurso em entrevista nesta quarta

O Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) publica nesta quarta-feira (10) o edital do Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), certame que selecionará 6.640 candidatos para cargos no governo federal.

No edital é possível encontrar informações essenciais, como blocos temáticos, conteúdos, critérios de classificação e desclassificação, lista de espera, cadastro de reserva, validade do certame, cronograma completo e composição das notas finais.

Junto do lançamento do edital, a ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, realizará uma coletiva em Brasília para detalhar os editais e as principais informações da avaliação nacional.

A ministra estará acompanhada por integrantes da equipe da pasta e da empresa responsável pela aplicação do concurso.

As inscrições vão de 19 de janeiro a 9 de fevereiro.

A proposta é que os participantes paguem uma única taxa e possam concorrer a várias vagas em órgãos diferentes, mas dentro de uma mesma área de atuação.

As provas serão aplicadas em 5 de maio, em 217 cidades de todos os estados do Brasil, com divulgação final dos resultados agendada para 30 de julho.

As vagas contemplam candidatos de níveis médio, técnico e superior, e tem como inspiração o modelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O funcionamento é similar à prova feita anualmente por milhares de estudantes: uma única inscrição vale para vários órgãos, e os candidatos são classificados segundo suas notas.

Os aprovados deverão ser convocados para a posse em 5 de agosto.

As 6.640 vagas são distribuídas entre 21 órgãos públicos que aderiram ao novo modelo de seleção. Saiba tudo sobre a seleção mais aguardada de 2024 aqui 

Confira aqui os cargos e a distribuição de vagas