19 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Educação

Governo deve apresentar proposta de reajuste para grevistas da educação dia 19

Ministro Camilo Santana disse que o anúncio será feito pela ministra Esther Dweck

O ministro da Educação, Camilo Santana, diz que governo vai fazer proposta aos grevistas. Marcelo Camargo/Agência Brasil

O governo Lula deve deve disponibilizar novos recursos para atender as demandas dos servidores técnico-administrativos e professores das universidades e institutos federais, em função da greve nas instituições de ensino.

Quem afirma é o ministro da Educação, Camilo Santana. Segundo ele, o governo já sinalizou com recursos adicionais “para que a gente possa negociar com os servidores técnicos e servidores, a questão, não só do plano [de cargos e salários], mas também do reajuste salarial para essa categoria”.

Camilo Santana deve apresentar a nova proposta aos trabalhadores em greve na próxima sexta-feira, 19 de abril. Disse ele que o governo tem se esforçado para encerrar o movimento grevista e ressaltou que o MEC não tinha mais condições de, por conta própria, aumentar a proposta para os servidores.

Destacou que o orçamento do MEC não comporta nenhuma mudança mais de qualquer incremento, seja em pessoal ou para servidor. Segundo declarou, será uma complementação orçamentária pelo espaço que o arcabouço fiscal já tem. No entanto, evitou de falar em valores.

Camilo Santana informou que esse anúncio será feito pela ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, que lidera a negociação com os servidores.

O ministro da Educação reclamou da greve e lembrou que o governo deu reajuste de 9% para toda administração pública no primeiro ano, após seis anos sem reajuste.