24 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Governo lança Programa Criança Alfabetizada, que vai beneficiar 80 mil estudantes alagoanos

Evento contou com a presença da secretária Roseane Vasconcelos e gestores municipais de Educação

Parceria vai fortalecer a Educação de Alagoas. Foto: Thiago Athaíde / Ascom Seduc

Oitenta mil crianças alagoanas serão beneficiadas pela parceria entre Governo de Alagoas, municípios alagoanos e o Governo Federal. Foi lançada nesta quarta-feira (20), em evento no Centro de Convenções, a edição 2024 do Programa Criança Alfabetizada/Renalfa, que tem como finalidade alfabetizar as crianças alagoanas até os sete anos de idade.

O Criança Alfabetizada é um dos vários programas que integram o Programa Escola 10 e que visam a melhoria do processo de ensino e aprendizagem.

Ele funciona por meio do regime de colaboração entre o Estado – representado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) – e os municípios alagoanos, uma parceria que abrange, dentre outras ações, formações de professores/gestores, oferta de material didático complementar e pagamento de bolsas para articuladores de ensino nas redes municipais.

“Ao longo dos últimos anos, o regime de colaboração entre Estado e municípios tem rendido ótimos resultados para a educação de Alagoas e estamos aqui para fortalecer esta parceria. O Governo Paulo Dantas está comprometido com a Educação em uma esfera que envolve desde o público da primeira infância até o ensino médio. As ações do Criança Alfabetizada refletirão em um público de 80 mil estudantes que estão na fase de letramento”, disse a secretária de Estado da Educação, Roseane Vasconcelos.

A secretária de Educação de Maravilha, Adriana Paulino, destacou a importância do regime de colaboração entre Estado e municípios. “Essa parceria permitiu que Alagoas saísse de resultados negativos e alcançasse os patamares nos quais estamos hoje. Agora, mais uma vez, estaremos juntos para mudar a Educação de Alagoas”, afirmou.

Renalfa

A partir deste ano, o Criança Alfabetizada contará também com o apoio da Rede Nacional de Articulação de Gestão, Formação e Mobilização (Renalfa). A rede está ligada ao Ministério da Educação (MEC), que destina bolsas de formação a representantes das secretarias estaduais de Educação e dirigentes municipais de Educação que atuarão com foco na alfabetização de crianças.

Articulador da Renalfa em Alagoas e coordenador do Criança Alfabetizada, Daniel Marinho garantiu que as ações da rede não vão se sobrepor ao programa estadual, mas complementá-lo e torná-lo ainda mais robusto. “Enquanto programa estadual, temos como foco a alfabetização na idade certa. Na Renalfa, por exemplo, teremos ações voltadas para recomposição de aprendizagem com os alunos de 3°, 4° e 5° anos”, adiantou.

Ele também enumerou os avanços alcançados pelo Programa Criança Alfabetizada. “Em 2023, registramos melhoria de 89% nos índices de leitura e participação de 35.394 estudantes. Para este ano, já entregamos 84 mil kits de livros que ajudarão a trabalhar a leitura e escrita de alunos do 2º ano do Ensino Fundamental”, pontuou.