12 de julho de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

HGE é referência em nefrologia pediátrica e reforça a importância da saúde dos rins

Órgão é vital para o bom funcionamento do organismo e a insuficiência renal, se não tratada, pode ser fatal

Foto: Thallysson Alves / Ascom HGE

Referência em Nefrologia Pediátrica pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Alagoas, o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, reforça o alerta aos alagoanos para a importância da proteção e cuidado com o rim. Isso porque, o órgão é o responsável por filtrar o sangue, eliminar toxinas ou dejetos resultantes do metabolismo corporal, regulação do organismo e produção de hormônios.

“Quando eles perdem essa habilidade e deixam de ser capazes de filtrar o sangue, é quando diagnosticamos que existe a doença renal, que, se não for tratada corretamente, pode ser até fatal. Por isso, é preciso que os adultos fiquem atentos ao funcionamento do seu organismo e das crianças e, no menor sinal de irregularidade, busquem o esclarecimento médico”, recomendou a nefrologista pediátrica do HGE, Rose Mary Vasconcelos.

É possível que a doença renal seja silenciosa, mas há casos em que existem sintomas como, hipertensão arterial, urina com sangue, urina com espuma, edemas, eliminação de urina muito clara e anemia. Também pode haver perda do apetite, náuseas, vômitos, cãibras, coceira, perda de memória, falta de concentração, tremores, insônia ou sonolência.

 

“Se um cidadão no Sertão, por exemplo, percebe que possui algum desses sintomas, a recomendação é que inicialmente busque atendimento médico na unidade de saúde do seu município. Ela está preparada para avaliar e entender se há necessidade de imediato tratamento. Caso o quadro seja grave, a regulação do Estado, provavelmente, encaminhará aqui para o HGE, pois somos a referência em Urgência e Emergência no Estado”, explicou a médica.

No HGE, a Nefrologia é dividida entre o atendimento pediátrico e o adulto. É possível que o paciente apresente complicações que necessitem de outros especialistas, como clínico-geral, cardiologista, urologista e cirurgião vascular; além da assistência em todas as Unidades de Terapia Intensiva, onde ocorrem as hemodiálises. Todas essas especialidades fazem parte do corpo clínico da maior unidade de Urgência e Emergência do Governo de Alagoas, que permanece com os seus serviços em funcionamento 24 horas.

“Medidas simples podem ajudar a preservar os nossos rins. Diminuir o consumo de sal nos alimentos, beber água, manter uma alimentação saudável, praticar atividade física com regularidade, não fumar, manter um peso adequado, medir a sua pressão arterial com regularidade e jamais se automedicar”, orientou a especialista do HGE.