21 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Policia

Inquérito conclui que mulher matou marido PM em legítima defesa

Mulher estava sendo vítima de severas agressões e mantida em cárcere privado nos dias que antecederam e no momento da morte do policial

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) concluiu o inquérito policial que apurou as circunstâncias da morte do PM Rodrigo Pauferro Viana, alvo de disparos de arma de fogo, feitos por sua companheira, na residência do casal, localizada no bairro Benedito Bentes.

O fato foi registrado na tarde do dia 28 de outubro passado, oportunidade em que a mulher foi presa em flagrante.

As investigações, presididas pela delegada Rosimeire Vieira (foto), indicaram que a companheira do militar agiu em legítima defesa, considerando o depoimento de vizinhos, imagens obtidas e laudo de ofensa física.

Pelo que foi apurado, a mulher estava sendo vítima de severas agressões e mantida em cárcere privado nos dias que antecederam e no momento da morte do policial.

“Os elementos de informação colacionadas no curso das investigações e que serviram de pilar pelo não indiciamento da conduzida, foram remetidas ao juízo competente para análise do feito”, concluiu a delegada.