5 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Maceió

Interditado posto de coleta laboratorial no Graciliano Ramos

Serviço vinha funcionando com diversas irregularidades sanitárias e terá que responder a processo administrativo e fazer readequações sanitárias

Vigilância Sanitária interdita posto de coleta laboratorial no Graciliano Ramos
Foto: Visa Maceió
A Vigilância Sanitária interditou, nesta terça-feira (6), um posto de coleta laboratorial localizado no Conjunto Graciliano Ramos. O local apresentava diversas irregularidades sanitárias e um alto grau de risco sanitário à população.

Dentre as não conformidades flagradas pela equipe de fiscalização estão a ausência de alvará sanitário e de responsável técnico, uso de CNPJ de outro município, transporte irregular de material biológico, funcionamento em local inadequado e realização de requisição de exames por profissional não habilitado.

“Além de todas essas irregularidades, observamos que os resíduos de saúde estavam sendo transportados juntamente com as amostras de material biológico, o que configura grave irregularidade e risco à saúde pública”, destacou Airton Santos, chefe especial da Vigilância Sanitária de Maceió.

Após a interdição, o estabelecimento foi autuado e responderá a processo administrativo, cuja penalidade inclui multa no valor de R$ 180,00 a R$ 38 mil. O estabelecimento terá até 30 dias para se adequar às exigências da Vigilância Sanitária.

Saiba como denunciar estabelecimentos irregulares à Vigilância Sanitária

Os canais de denúncia da Vigilância Sanitária são pelo WhatsApp (82) 8752-2000, por meio de mensagem de texto, foto e/ou vídeo. As denúncias também podem ser realizadas pelo 3312-5495, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Todas as denúncias são anônimas, garantindo o sigilo do denunciante. Para registrar alguma irregularidade sanitária, é imprescindível informar o motivo da reclamação; nome, endereço completo e ponto de referência do estabelecimento denunciado.