2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Maceió

JHC se reúne com representantes da Beija-Flor, que apresentará Maceió na Marquês de Sapucaí

“Um Delírio de Carnaval na Maceió de Rás Gonguila” será o enredo da escola de samba carioca em 2024

Prefeito JHC se reúne com representantes da Beija-Flor, que apresentará Maceió na Marquês de Sapucaí
Prefeito JHC com representantes da Beija-Flor, na Prefeitura de Maceió. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

O prefeito de Maceió, JHC, se reuniu nesta terça-feira (26), na sede da Prefeitura, com representantes da Beija-Flor de Nilópolis. A escola de samba carioca homenageará a capital alagoana, no carnaval 2024, com o enredo “Um Delírio de Carnaval na Maceió de Rás Gonguila”. Durante o encontro, eles trataram sobre o samba enredo, fantasias e como será o desfile na Sapucaí.

JHC reforçou que Maceió recuperou a capacidade de influenciar e que é preciso mostrar a capital alagoana para o Brasil e para o mundo.

“É um orgulho trazer essa oportunidade e esse momento único e histórico para nossa cidade. Maceió será representada na Marquês de Sapucaí por essa grande escola de samba que é a Beija-Flor. É o resgate da autoestima, do sentimento de pertencimento, de que nós somos capazes, que somos referência não só para o Nordeste, mas para o Brasil. Maceió recuperou sua capacidade de influenciar e essa é uma prova”, disse JHC.

Durante toda a segunda (25) e terça-feira (26), a Beija-Flor realiza oficinas e workshops para as escolas de samba de Maceió; espaços ministrados por profissionais experientes da agremiação nilopolitana. A ação faz parte da construção do carnaval 2024.

Dudu Azevedo, diretor de carnaval da Beija-Flor, explicou que a escola trouxe para Maceió ensinamentos para as escolas de samba da capital.

“Todo o povo de Maceió e Alagoas vai ver a escola desfilando. Somos uma referência de carnaval, e a cultura do povo para o povo deve ser sempre homenageada. Trouxemos os ensinamentos do carnaval, workshops, mas a gente espera mesmo o povo de Maceió na Marquês de Sapucaí”, disse.

No primeiro dia, os participantes tiveram acesso a palestras sobre planejamento para a construção do Carnaval, transparência na administração carnavalesca e a importância do marketing e comunicação. Já na terça-feira (26), além do workshop sobre a importância da comunidade na execução do Carnaval, as escolas de samba de Maceió terão a oportunidade de aprender com os profissionais do carnaval carioca em oficinas práticas.

As aulas de percussão serão ministradas por Rodney, mestre da Bateria Soberana da Beija-Flor, samba no pé com Lorena Raissa, rainha de bateria, e Carla Cachoeira, chefe da ala de passistas, além do curso de mestre-sala e porta-bandeira com Claudinho e Selminha Sorriso.