19 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Jovem vítima de cárcere privado é resgatado por militares da Base Comunitária da PM

Encontrado em local insalubre, paciente psiquiátrico foi socorrido à UPA; padrasto do rapaz foi preso

Paciente psiquiátrico foi encontrado em condições insalubres e levado à UPA do Benedito Bentes. Foto: Ascom SSP

Militares da Base Comunitária de Segurança do Vergel do Lago, pertencente ao 1º Batalhão de Polícia Militar, resgataram um jovem de 27 anos que estava sendo mantido em cárcere privado dentro do cômodo de uma residência localizada no conjunto Virgem dos Pobres 1, na parte baixa de Maceió.

O resgate foi feito nesse domingo (05), após a equipe receber denúncia do próprio pai do rapaz, que é paciente psiquiátrico. Segundo o homem, a guarda do jovem é de responsabilidade da genitora, que teria envolvimento com o tráfico de entorpecentes e estaria deixando ele em condições insalubres.

De imediato, os policiais foram até o local informado e constataram a situação degradante. O jovem, muito debilitado e apresentando sinais de desnutrição, estava trancado em um ambiente totalmente insalubre, sem energia elétrica, água e comida. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para prestar os primeiros socorros.

Em seguida, os militares foram informados de que, na ausência da mãe, o companheiro dela seria o responsável por cuidar do rapaz e conseguiram identificar o padrasto. O senhor de 69 anos afirmou que a mulher havia viajado e deixado o jovem sob seus cuidados. Ele também disse que ajudou a construir o cômodo, colocando grades, cadeados e correntes, que eram usadas para deixar a vítima presa.

Diante dos fatos, o paciente foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Benedito Bentes para receber os cuidados médicos necessários, antes de poder ter acompanhamento especializado no Hospital Escola Portugal Ramalho. O pai e os irmãos dele ficaram como responsáveis.

Já o idoso foi conduzido à Central de Flagrantes I, no Tabuleiro do Martins, para a realização dos procedimentos cabíveis. Junto à Polícia Civil, o indivíduo foi autuado pelo crime de cárcere privado. O delegado ficou de instaurar um procedimento investigativo e a mãe será intimada para prestar esclarecimentos sobre o caso.