1 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Brasil

Lewandowski assume ministério e diz que Brasil precisa superar o ‘apartheid social’

Ele disse que a violência e criminalidade no país são mazelas que atravessam séculos de nossa história, remontando aos tempos coloniais.

Ricardo Lewandowski assume o Ministério da Justiça e Segurança Pública

Empossado como novo Ministro da Justiça do governo Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, disse nesta quinta-feira, 01, que a solução para o fim da violência e da criminalidade no Brasil vai além de “enérgica ação policial e e precisa de políticas públicas para superar o “apartheid social” no país.

Ele destacou a necessidade de uma atenção especial à segurança pública e declarou que está “profundamente honrado por ter sido indicado para chefiar o Ministério da Justiça e Segurança Pública”.

Lewandowski lembrou que esse foi o primeiro ministério criado no Brasil. “Dedicaremos os nossos melhores esforços e daremos continuidade ao excelente trabalho do ministro Flávio Dino. Mas é nossa obrigação que o Ministério da Justiça dedique especial atenção à segurança pública”.

Ele afirmou em seu discurso de posse que a violência e criminalidade no país “são mazelas que atravessam séculos de nossa história, remontando aos tempos coloniais, em que índios e negros recrutados à força desbravavam sertões inóspitos e labutavam à exaustão nas lavouras de cana e de café e nas minas de ouro, prata e pedras preciosas para proveito de uns poucos.”