21 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

Lula é o melhor presidente da história para 43% dos evangélicos; Bolsonaro fica com 19%

Segundo Datafolha, petista tem menos predileção no segmento religioso do que na média do país, mas supera atual presidente

Para 43% dos evangélicos, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi o melhor presidente que o Brasil já teve. Isso é mais do que o dobro do montante (19%) que prefere Jair Bolsonaro (PL), segundo pesquisa Datafolha feita entre 13 e 16 de dezembro.

No patamar geral, 51% dos brasileiros de todas as religiões veem no petista o auge do presidencialismo nacional, numa lista em que também pontuam FHC (7%), Getúlio Vargas (4%), Juscelino Kubitschek (4%) e, embolados com 1%, José Sarney, João Batista Figueiredo, Dilma Rousseff, Tancredo Neves (morto antes de assumir), Itamar Franco e Jânio Quadros.

Como nas demais pesquisas Lula se aproxima dos 50% de votos para as Eleições 2022, evangélicos, portanto, são menos simpáticos ao petista do que a média de outros públicos.

Mas a predileção pelo ex-presidente derruba uma tese levantada com frequência por pastores próximos ao bolsonarismo: a de que a maioria esmagadora dos evangélicos é fiel ao atual ocupante do Palácio do Planalto e alérgica ao petismo.

Quando a pergunta se inverte, qual o pior presidente que já comandou o Brasil, Bolsonaro leva a pior: 35% dos evangélicos lhe dão esse título, e 25%, a Lula. A média geral é de 48% e 18%, respectivamente —também mencionados, Fernando Collor (8%), Dilma (7%), FHC (2%) e José Sarney (2%).

Já quando apenas eles dois estão entre as opções, há empate técnico detectado: 46% dos adeptos da fé evangélica optam pelo ex-mandatário, e 44% querem ver o atual ser reeleito.