3 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Maceió

“Maceió pede socorro” e “Fora Braskem assassina” são entoados antes de voo

Registro na web mostra moradores segurando cartazes e incentivados passageiros a fazerem coro com palavras de ordem

Caiu na web o registro de um protesto em um avião, antes de um voo, feito por prováveis moradores afetados pela área de mineração da Braskem.

“Maceió pede socorro”, “Braskem Assassina”, “fora Braskem”.  O protesto foi organizado pelos alagoanos participantes das Conferências Nacional de Saúde Mental e Segurança Alimentar.

Em coro, passageiros aderiram ao protesto e participaram da manifestação.

Em Maceió, após décadas de mineração e extração de sal-gema, a empresa Braskem provocou afundamento do solo de cinco bairros de Maceió, por causa das minas subterrâneas, que provocaram afundamento. Uma dessas minas, a 18, colapsou no domingo.

Mais de 55 mil pessoas foram afetadas, nem todas receberam indenizações e após acordo com o prefeito JHC, a empresa pagou apenas R$ 1,7 bilhão pelo estrago. Além disso, se tornou dona de toda região – sem pagar impostos.