15 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Maceió prepara mutirão de combate à covid-19 em feiras, orla e mercados

Haverá ações de higienização, capacitação e fiscalização do comércio por ambulantes, vendedores do Shopping Popular e outras áreas

GGI Covid-19 recebe secretários e associações de comerciantes para discutir controle do coronavírus / Foto: Edvan Ferreira

A capital alagoana dá passos largos no combate ao coronavírus. O prefeito JHC tem construído um trabalho destacado no enfrentamento ao vírus com a criação do Gabinete de Gestão Integrada para o Enfrentamento da Covid-19.

Na tarde desta terça-feira (12), o GGI reuniu um time de secretários municipais e representantes de associações de ambulantes e comerciantes da orla, Shopping Popular e mercados para encaminhar um conjunto de ações que vão aumentar a segurança sanitária em seus locais de trabalho.

Haverá mutirões de higienização dos equipamentos públicos, capacitação dos ambulantes, entrega de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e intensa fiscalização para que sejam cumpridos todos os protocolos de segurança em relação à Covid-19.

Os lugares contemplados pela ação serão: orla marítima, Shopping Popular, Mercado da Produção e todas as feiras livres da capital. As atividades começarão no dia 24 e 25 de janeiro e se estenderão para 31 de janeiro e 1º de fevereiro. Durante as capacitações, os aparelhos estarão fechados.

De acordo com o coordenador do GGI Covid-19, Claydson Moura, essa será a maior intervenção que o mercado público já recebeu. A mobilização inclui a contratação 100 profissionais para contribuir na fiscalização e estima-se que mais de três mil pessoas serão capacitadas, em horários distintos para evitar aglomerações.

Treinamento e fiscalização

A ação integrada envolverá as secretarias municipal de Assistência Social, de Segurança Comunitária e Convívio Social, do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária, a Superintendência de Desenvolvimento Sustentável, a Vigilância Sanitária e o Exército Brasileiro.

“Primeiro a gente vai fazer entregas, mostrar resultado, melhorar o ambiente de trabalho dos comerciantes para que eles tenham condições de cooperar com as medidas exigidas. É importante que todas essas pessoas que fazem a economia girar estejam cientes de que elas são parte importantes no combate à disseminação do coronavírus”. Claydson Moura, coordenador do GGI Covid-19.

Na medida em que os comerciantes forem treinados, receberão selos de certificação, garantindo a qualificação do ambulante, informando que o seu comércio está adequado e que cumpre com os protocolos de segurança sanitária.

Para Valter Virgílio, da Associação dos Prestadores de Serviço da Orla de Maceió, as ações serão importantes para a manutenção do comércio e sobrevivência da população.

“A gente ficou maravilhado com uma equipe preocupada com a situação do avanço da doença. Eu parabenizo a equipe do JHC e vou levar essa proposta para o nosso pessoal. A gente vai sair daqui com um único propósito: pedir que todos eles cumpram com as recomendações para que não seja preciso fechar, mesmo que haja a redução de alguns equipamentos. A gente também pede o apoio da sociedade para que a gente possa sobreviver nesse período tão difícil, com essa doença avançando”. Valter Virgílio.

O intuito da gestão é manter o setor produtivo em plena atividade. A determinação do prefeito JHC é trabalhar em conjunto com as autoridades sanitárias e com o Governo do Estado para impedir a propagação do vírus. Para isso, serão feitos esses serviços de melhoria e campanhas de conscientizações.

Os comerciantes reconhecem o empenho da gestão nesta batalha.

“A gente está satisfeito porque está vendo todo o envolvimento da prefeitura municipal de Maceió para nos ajudar a enfrentar e combater essa doença que assola o mundo. Agora, a gente vai avançar muito mais porque entende que é hora de todo mundo se unir, e o poder público não poderia ficar afastado”. Naldo Moura, presidente da Associação do Shopping Popular.