24 de fevereiro de 2024Informação, independência e credibilidade
Esportes

Marcelo Teixeira vence eleição e é o novo presidente do Santos

Em sua terceira passagem pela presidência do clube, Teixeira terá de encarar os desafios impostos pelo rebaixamento santista

Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC

Por Dyego Barros

Pela terceira vez na história, Marcelo Teixeira presidirá o Santos. Em eleição realizada na Vila Belmiro, neste sábado (9), a chapa do empresário que já comandou o clube por 12 anos (1991-1992 / 2000-2009) levou a melhor sobre outras quatro candidaturas, ao receber 53% dos votos válidos. O dirigente de 59 anos terá o advogado Fernando Bonavides como vice.

Mandatário do Alvinegro praiano no ano de um rebaixamento inédito na centenária trajetória santista, Andres Rueda não foi candidato à reeleição e optou por não comparecer ao estádio para acompanhar o processo que levou à escolha do seu sucessor.

Com o desafio de levar o Santos de volta à Série A do Brasileirão, em uma temporada de receitas consideravelmente mais baixas, Teixeira assume no dia 1º de janeiro. Em seu primeiro pronunciamento após a divulgação do resultado das urnas, o novo homem forte do Peixe anunciou que a camisa 10 do time paulista não será utilizada durante a disputa da Segundona, “em honra à Pelé”.

Antes, ainda durante a votação, membros de uma organizada tentaram invadir a Vila Belmiro, mas foram contidos por seguranças, que chegaram a ser agredidos em meio a muito empurra-empurra. Celso Jatene, presidente do Conselho Deliberativo, era o alvo dos torcedores, por não ter levado adiante pedidos de impeachment protocolados por conselheiros durante a gestão Rueda.

A eleição chegou a ser suspensa por alguns minutos durante a confusão, mas terminou sem maiores problemas após ser retomada com os ânimos mais calmos.

De acordo com quem acompanha o dia a dia santista, a transição começa na próxima segunda-feira (11). Em virtude de Rueda estar ausente do clube por questões de segurança, especula-se que há chance de Teixeira assumir a cadeira ainda em 2023.