4 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Máscara “com chip para comprovar voto” é denunciada em Delmiro Gouveia

Coligação do prefeito Padre Eraldo teria exigido uso de máscara, com um pedaço de plástico, em troca de R$ 100

Eleitores de Delmiro Gouveia, no Sertão de Alagoas, denunciaram a coligação do prefeito candidato à reeleição da cidade, Padre Eraldo (PSD), por comprar votos a R$ 100,00.

E a denúncia vai além: quem tivesse vendido seu voto, precisaria usar uma “máscara com chip” diante da urna, para que o voto nele fosse comprovado. A denúncia foi recebida pelo advogado Marcelo Brabo, da coligação da candidata Ziane Costa.

Em vídeos que circulam nas redes sociais, os eleitores afirmam que receberam a quantia de R$ 100 e as máscaras. Numa das imagens aparece uma máscara rasgada e no local onde estaria o suposto chip há apenas um pedaço de plástico, que simularia o rastreamento.

“Estes eleitores informaram que quem forneceu as máscaras foram pessoas da coligação do Padre Eraldo, disseram que não votassem em outra pessoa, que eles conseguiriam identificar. As autoridades judiciais competentes foram informadas sobre o fato de maneira oficial e estão apurando”. Marcelo Brabo.

Após entrar em contato com a Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e o Ministério Público, foi formalizada uma denúncia. O TRE ainda não tem informações sobre o caso e a coligação de Padre Eraldo desconhece a denúncia.