24 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Policia

Menores são apreendidos após adolescente ser morto na porta de escola em Maceió

Vítima tentou apartar briga e foi esfaqueado seis vezes

A polícia apreendeu dois adolescentes (de 16 e 17 anos) pela suspeita de assassinar um aluno da Escola Estadual Deputado Rubens Canuto, no Benedito Bentes, bairro da parte alta de Maceió.

O crime aconteceu ontem de tarde, enquanto que a Polícia Civil realizou as apreensões na manhã desta quinta (21).

A vítima foi identificada como Lázaro André Bezerra de Oliveira, de 15 anos. Nenhum dos apreendidos era da mesma escola que ele. Todas as aulas dos três turnos desta quinta-feira, 21, foram suspensas.

Segundo o delegado Ronilson Medeiros, a escola escola não teria acionado nem a polícia, nem o Conselho Tutelar. Os agentes de segurança precisaram ser chamados por populares que presenciaram o fato, pelo Conselho, e por pais de outros alunos.

Briga

Segundo relatos passados à polícia, houve um desentendimento entre dois adolescentes. Um chamou amigos para bater no outro, que afirmava não querer confusão. Lázaro, a vítima e amigo do jovem que rejeitou o confronto, tentou apartar a briga.

Ele levou um soco de um dos suspeitos e, depois, um deles o segurou, enquanto que o outro o esfaqueou. O menino foi levado ainda com vida ao HGE (Hospital Geral do Estado), mas não resistiu.

Os suspeitos fugiram correndo logo depois dos golpes e foram detidos por agentes do programa Ronda no Bairro. Todos os envolvidos moram no Benedito Bentes e se conhecem.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada da Criança em Conflito com a Lei (Deacle), da qual a titular é a delegada Bárbara Arraes.

Seduc

Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) lamentou o ocorrido e afirmou que vai adotar medidas em relação à assistência à família da vítima:

O Governo de Alagoas lamenta a triste ocorrência registrada na Escola Estadual Rubens Canuto, no Benedito Bentes, onde um desentendimento evoluiu para uma briga na área externa vitimando fatalmente o jovem Lázaro André Bezerra de Oliveira.

Dois adolescentes foram identificados e rapidamente apreendidos pela polícia, com autos devidamente formalizados. O Governo de Alagoas já determinou à Secretária de Educação a adotar as medidas necessárias à prestação de toda a assistência à família da vítima, ao tempo em que transmite o mais profundo sentimento de pesar nesse momento tão doloroso.

O Governo de Alagoas reitera o compromisso de fortalecer as atividades do já existente grupo de trabalho de combate à violência nas escolas, no sentido de intensificar o monitoramento. São 310 unidades estaduais de ensino  com cerca de 170 mil alunos.

Por fim, o Governo conclama os pais, a comunidade escolar, a sociedade e as instituições em geral a fortalecerem o processo educacional como um todo, no sentido da transmissão de conhecimento, da formação, da orientação das novas gerações e da construção de um ambiente de paz.