2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Expresso

Moradores de bairros destruídos por mineração marcam protestos em Maceió

Grupodeve marcar presença nas sedes da Câmara dos Vereadores, Prefeitura de Maceió, Assembleia Legislativa e do Governo de Estado

Os próximos dias devem ser marcados por protestos em Maceió, realizados pelos moradores de bairros destruídos pela Braskem. As últimas pessoas foram retiradas diante da possibilidade de colapso de uma das minas de extração de sal-gema e agora vão reivindicar seus direitos.

“Todos nós que fomos expulsos dos bairros Pinheiro, Bebedouro, Mutange, Bom Parto e Farol e também quem está nas bordas do mapa de risco queremos cobrar a devida urgência das providências que precisam ser tomadas”. Alexandre Sampaio, membros do Movimento Unificado das Vítimas da Braskem (MUVB).

Já nesta quarta-feira (6), o grupo marcou de se concentrar no Cepa, a partir das 6h na na Av. Fernandes Lima, para depois passar no Ministério Público Estadual, no Palácio do Governo e na Assembleia Legislativa.

E na próxima semana, outro protesto está previsto para acontecer no dia 13 de dezembro, no Jaraguá. No entanto, as paradas serão na Câmara dos Vereadores e na Prefeitura de Maceió.