20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade

Política

FHC cria divisão no PSDB por conta do impeachment

FHC cria divisão no PSDB por conta do impeachment

Política
 Brasil -Uma divisão clara e um mar de incertezas consomem hoje os tucanos do PSDB, principal partido de oposição ao governo do PT. E a questão está centrada em torno do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Tudo isso por que o  ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, estrela maior do tucanato, considerou “precipitação” a iniciativa de partidos políticos de abrirem um processo de impeachment contra a presidente. Ao participar de um fórum político em Comandatuba, no sul da Bahia, FHC se colocou contrário ao próprio partido, que encomendou pareceres de juristas sobre a viabilidade de um impedimento motivado pelas “pedaladas fiscais”, que o ex-ministro Guido Mantegna utilizou para fechar as contas do governo no ano passado. Mas, se para o ex-presidente da República o impeach
Estado vai vender o turismo alagoano em feira da América Latina

Estado vai vender o turismo alagoano em feira da América Latina

Política
 Com Agência Alagoas O governo de Alagoas tem o setor turismo como uma de suas prioridades, Por isso mesmo pretende colocar o Estado como destaque no cenário internacional durante essa semana, em uma feira de turismo que será realizada em São Paulo. Considerada uma das principais feiras do segmento turístico da América Latina, a World Travel Market (WTM) abre espaço para divulgação dos destinos e produtos alagoanos. O evento será realizado entre os dias 22 e 24 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo. Além do tradicional segmento Sol e Mar, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) aposta na apresentação de novos destinos. Os Cânions do Rio São Francisco, cidades históricas, como Penedo, Piranhas e Marechal Deodoro, e o ecoturismo estão entre os pri
PEC da maioridade: especialistas são contrários e senso comum é a favor

PEC da maioridade: especialistas são contrários e senso comum é a favor

Brasil, Política
A Proposta de Emenda Constitucional (PEC 171/93) que visa reduzir a maioridade penal no Brasil - de 18 para 16 anos - está gerando calorosos debates  entre especialistas alagoanos dos mais variados setores da sociedade. Lembrando que segundo pesquisa do Datafolha, 87% da população aprova a PEC que tramita na Câmara dos Deputados e é analisada por uma comissão especial. Seja nas redes sociais ou numa em rodas de amigos, também em debates nos meios de comunicação ou artigos em jornais. É assim que as discussões acontecem. Especialista em Direitos Humanos e advogado, Pedro Montenegro apresenta uma opinião contrária à diminuição da idade. "Estamos em guerra contra o crime. A PEC se transforma numa guerra contra os pobres e contra a população negra", disse. Ele ainda complementa que
Patricia Poeta, a bela, vai voltar às telinhas da Tv Globo

Patricia Poeta, a bela, vai voltar às telinhas da Tv Globo

Política
A bela Patrícia Poeta, celebridade da Tv Globo, já tem data certa para voltar ao trabalho nas telinhas. A jornalista, que passou três anos a frente do Jornal Nacional, fará parte de uma série de atrações com vários apresentadores. As informações são da coluna Outro Canal, da Folha de S.Paulo. Um programa só dela deve ficar para estrear na temporada de final de ano da emissora e deve ir ao ar em outubro, segundo o jornal. A Globo, apesar disso, não confirma a informação, apesar de já ter reservado um programa para a jornalista. Patrícia deixou o Fantástico para apresentar ao Jornal Nacional e, depois, sua cadeira a não menos bela Renata Vasconcelos.
Paulão: CPI deve esclarecer os assassinatos de jovens negros

Paulão: CPI deve esclarecer os assassinatos de jovens negros

Política
Por Dinez Torres  A Câmara dos Deputados instalou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a violência contra jovens negros no Brasil. O deputado Paulão (PT/AL), um dos titulares da chamada “CPI Jovem”, disse que é necessário esclarecer e punir os responsáveis pelos crimes ocorridos geralmente nas periferias e regiões metropolitanas dos centros urbanos. Segundo o parlamentar, ocorre no Brasil, sobretudo em Alagoas, “um genocídio encoberto por preconceito, discriminação racial e impunidade”. Por isso, nesta terça-feira (14), Paulão sugeriu, e a CPI aprovou, visita dos deputados ao Estado, com o objetivo de averiguar melhor o assunto. A ida da Comissão a Alagoas está prevista para o final de maio. Citando o Mapa da Violência de 2014, Paulão afirmou que o Brasil é o país
Lira defende linhas de crédito diferente para produtores da região NE

Lira defende linhas de crédito diferente para produtores da região NE

Política
O senador Benedito de Lira afirmou nesta quinta-feira (16) durante audiência pública na Comissão de Agricultura, que as instituições financeiras oficiais devem oferecer linhas de crédito diferenciadas para alavancar o desenvolvimento econômico dos municípios do Nordeste situados ao longo dos canais de irrigação do rio São Francisco. Benedito mencionou especificamente o Canal do Sertão de Alagoas, projetado para ter 240 quilômetros, um terço dos quais já estão prontos. “O Canal do Sertão de Alagoas já está com 65 quilômetros de concluídos, mas a água retirada do rio São Francisco ainda não produziu os resultados econômicos desejados exatamente porque os produtores do sertão necessitam de recursos para fomentar suas lavouras”, explicou o senador. A proposta de Benedito de Lira foi feita d
Ser denunciado por corrupção não estava nos planos de Téo Vilela

Ser denunciado por corrupção não estava nos planos de Téo Vilela

Cotidiano, Política
O que o Ministério Público Estadual não viu durante o governo de Teotônio Vilela Filho, o Ministério Público Federal não deixou passar e decidiu denunciar o ex-governador pelo desvio de R$ 1,4 do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). A ação coloca sob suspeita a tese tucana de que a gestão de oito anos em Alagoas foi limpa e transparente. Falava-se que não havia corrupção. O MPF ainda colocou na lista dos denunciados o ex-governador José Wanderley, o ex-secretário de Educação, Adriano Soares e o procurador de contratos e convênios da PGE, Ricardo Méro. A investigação do Ministério Público constatou que a Secretaria de Educação aderiu à ata de registro de preços da Prefeitura do Recife, para formalizar contratos com a empresa WEJ - Livraria e Papelaria Ltda com preços sup
Nonô acusa ‘estelionato’ do governo da presidente Dilma

Nonô acusa ‘estelionato’ do governo da presidente Dilma

Política
O ex-vice governador do Estado, José Thomaz Nonô (DEM) acusa o “estelionato eleitoral” como fator principal para as manifestações contra o governo da presidente da República, Dilma Rousseff (PT). Segundo ele, as pessoas estão se manifestando por que Dilma disse que não iria aumentar impostos e fez exatamente isso. “Disse que não iria mexer nos direitos trabalhistas e foi o que fez”, reforçou. Para o dirigente do DEM em Alagoas, a Nação além de estar estarrecida com o “estelionato” ainda mantém toda a indignação contra a corrupção que tem maculado a imagem do governo brasileiro fora do País. “Quem poderia imaginar que existia essa roubalheira tão grande no Brasil, como estamos vendo nesse caso da Petribrás”? Questionou, destacando ainda essa situação acabou de vez com o Partido dos
Manifestação na orla de Maceió pede saída da presidenta Dilma Rousseff

Manifestação na orla de Maceió pede saída da presidenta Dilma Rousseff

Maceió, Política
Domingo, dia 12 abril. É mais uma data que entra para a história do País. As orlas da Ponta Verde e Pajuçara serão tomadas, mais uma vez, para por manifestantes que pedem a saída da presidente Dilma Rousseff (PT) do governo do Brasil. Assim como Alagoas, diversos Estado brasileiros compartilham o mesmo ato. Com diversas denúncias de corrupção em vários setores do governo, economia estagnada e inflação e desemprego em alta, a presidente assiste a mais um movimento, intitulado como Brasil Livre, de parte da população. Os diretores do Movimento Brasil Livre (MBL) em Alagoas esperam superar o número de manifestantes registrado no primeiro protesto (realizado no dia 15 de março), com cerca de 10 mil pessoas. Vestidos de verde e amarelo, os manifestantes se intitulam defensores dos intere
Paulão  o único da bancada alagoana a votar contra a terceirização

Paulão o único da bancada alagoana a votar contra a terceirização

Política
 Por Dinez Torres O deputado Paulão (PT/AL) foi o único parlamentar da bancada alagoana na Câmara Federal a votar contra o Projeto de Lei (PL) 4330/2004, que amplia as possibilidades de serviços terceirizados a todas as atividades. Na votação desta quarta-feira (8), o petista votou “não” à proposta, enquanto votaram a  favoravelmente, Artthur Lira (PP), Givaldo Carimbão (PROS), Marx Beltrão ( (PMDB), Maurício Quintella Lessa(PR)   e Pedro Vilela  (PSDB).  Outros três deputados que integram a bancada não participaram da votação do texto-base do projeto. Segundo Paulão, a matéria desvinculada da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) é um retrocesso para a classe trabalhadora do país, pois flexibiliza as contratações terceirizadas. “É um golpe contra os trabalhadores e contra os co