22 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Odontólogos dos 102 municípios serão capacitados sobre atendimento a cardiopatas na Atenção Primária

Ciclo de oficinas será iniciado nesta sexta-feira (26), no Hospital do Coração Alagoano, em Maceió

O Ciclo de oficinas de capacitação voltadas para os odontólogos dos 102 municípios alagoanos tem como objetivo qualificar a assistência aos pacientes cardiopatas assistidos na Atenção Primária Fotos: Carla Cleto – Ascom Sesau

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) inicia, nesta sexta-feira (26), um ciclo de oficinas em saúde bucal, voltado para odontólogos que atuam no Programa Saúde da Família (PSF) dos 102 municípios alagoanos. A ação, que visa qualificar a assistência odontológica na Atenção Primária aos pacientes cardiopatas, será dividida por regiões de saúde, e terá como tema “Risco de endocardite infecciosa no atendimento odontológico e manejo do paciente anticoagulado”.

Nesta sexta-feira (26), das 8h30 às 16h, no auditório do Hospital do Coração Alagoano, situado no bairro Cidade Universitária, em Maceió, serão capacitados os odontólogos da I Região de Saúde. Além da capital alagoana, também serão contemplados os profissionais dos municípios Barra de Santo Antônio, Barra de São Miguel, Coqueiro Seco, Flexeiras, Marechal Deodoro, Messias, Paripueira, Pilar, Rio Largo, Santa Luzia do Norte e Satuba.

As oficinas terão continuidade no mesmo local e horário nos dias 3 de maio, com dentistas da II e III Regiões de Saúde. No dia 10 de maio será a vez dos profissionais que atuam na IV e V Regiões e, no dia 17 de maio, os técnicos da VII Região de Saúde serão os contemplados. A ação prossegue no dia 24 de maio, beneficiando a VI e VIII Regiões e, será concluída no dia 31 de maio, com os profissionais da IX e X Regiões de Saúde.

Segundo a supervisora do Programa Estadual de Saúde Bucal, odontóloga Lourdes Mota, a capacitação irá assegurar que os pacientes cardiopatas recebam assistência odontológica qualificada quando necessitarem de atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e nos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) municipais. “Por isso, a capacitação dos profissionais para atendimento a pacientes com problemas cardíacos é essencial para a segurança clínica deles”, destacou.

Lourdes Mota lembrou que a educação continuada é um compromisso da gestão estadual de saúde para assegurar que a população alagoana seja atendida por profissionais com conhecimentos técnicos atualizados e pautados por princípios de humanização.