19 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Policia

Operação verão encerra com zero ocorrências envolvendo turistas em Alagoas

Na temporada, efetivo foi reforçado por militares de curso de formação da Polícia Militar

Operação foi desencadeada em novembro e aconteceu de forma integrada. Foto: Ascom PM-AL

Mês de abril encerrando e com ele as ações da Operação Verão, desencadeada desde novembro em todo o território alagoano pelas forças de segurança e salvamento. Com o fim dos trabalhos, o Governo de Alagoas celebra mais uma temporada tranquila para turistas e banhistas, principalmente nas áreas de grande fluxo de pessoas, com o registro zero de ocorrências.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública coordenou as ações desempenhadas pelo Corpo de Bombeiros Militar e pelas Polícias Militar, Civil e Científica. O secretário da Segurança Pública, Flávio Saraiva, comemorou o resultado obtido.

“Não tivemos nenhuma ocorrência de crimes violentos letais intencionais em todo o estado no que se refere aos nossos visitantes ou de alagoanos que estiveram curtindo os balneários durante esses dias. Isso é um passo importante para que cada vez mais turistas venham curtir as belezas naturais de Alagoas, com a garantia de tranquilidade que nossos efetivos possibilitam”, afirmou o gestor.

Ele também salientou que desde a chegada ao território alagoano, de forma integrada com outras forças estaduais e federais, as equipes estiveram à disposição também para solucionar possíveis problemas.

“No aeroporto, no Porto de Maceió e também nas estradas estivemos às ordens da população. Quem aproveitou a temporada de cruzeiros e visitou Maceió pode contar, além da segurança coordenada pelo Comando de Policiamento da Região Metropolitana da PM [CPRM], também com ações preventivas do Programa Ronda no Bairro, que pertence à Seprev [Secretaria de Estado da Prevenção à Saúde], da Secult [Cultura e Economia Criativa] e também da Secretaria do Turismo, que trabalharam juntas para deixar uma estadia ainda mais confortável e agradável”, lembrou Flávio Saraiva.

Durante os cinco meses, segundo dados do CPRM, não foram registradas ocorrências envolvendo turistas na Região Metropolitana. No período, conforme escala, a PM empregou mais de dez mil agentes, que foram distribuídos em 1.645 guarnições de serviço.

Parte do efetivo de reforço composta pelos alunos do Curso de Formação de Praças (CFP), que estão nos últimos preparativos para serem distribuídos nas unidades da corporação de forma efetiva. Os militares foram destinados a locais como Maragogi, São Miguel dos Milagres, Paripueira, Marechal Deodoro, Barra de São Miguel, Roteiro e Piranhas.