16 de junho de 2024Informação, independência e credibilidade
Esportes

Palmeiras vence o Botafogo com virada espetacular e briga pelo Brasileirão esquenta

Verdão é amassado no primeiro tempo, mas se recupera na etapa complementar e aproveita expulsão de Adryelson e pênalti perdido por Tiquinho para levar a melhor sobre os cariocas

Foto: Vítor Silva / Botafogo


Por Dyego Barros

No encontro entre líder e vice-líder do Brasileirão, deu Palmeiras. Com uma virada espetacular, em um jogaço de dois tempos distintos e sete gols, o Alviverde bateu o Botafogo por 4 a 3, na noite desta quarta-feira (1), em pleno Estádio Nilton Santos, e entrou, de vez, na briga pelo título.

O jogo

Pressionando os visitantes nos movimentos iniciais da partida, o time da Estrela Solitária fez um primeiro tempo de manual. Aos 20’ jogados, Eduardo inaugurou o marcador, após arremate que contou com um desvio providencial do zagueiro Murilo. Batido no lance, Weverton nada pôde fazer. Nove minutos depois, Tchê Tchê ampliou o placar, chutando de fora da área. Antes da descida aos vestiários, Júnior Santos ainda teve tempo de anotar o terceiro dos donos da casa, aproveitando o rebote da tentativa de Tiquinho Soares. Acoado, o Verdão finalizou apenas duas vezes na etapa inicial, sem levar grande perigo ao gol de Lucas Perri. Desta forma, o embate parecia liquidado. Parecia…

No segundo tempo, Endrick tratou de recolocar os comandados de Abel Ferreira no jogo, vazando o Alvinegro de General Severiano aos 4 minutos. A partir daí, os paulistas passaram a ter o domínio das ações e acumular oportunidades, enquanto o Botafogo se defendia. Partindo para o tudo ou nada, o Palmeiras chegou a balançar novamente a rede logo na sequência, com Breno Lopes, em lance invalidado por impedimento. Era um prenúncio do que estava por vir.

Na reta final do confronto, Adryelson foi expulso, deixando os palestrinos em vantagem numérica. Apesar do volume palmeirense, o Botafogo teve a chance de liquidar a fatura, em pênalti desperdiçado por Tiquinho. E o castigo veio a galope. No minuto seguinte, Endrick fez o segundo do Palmeiras. Daí por diante, se estabeleceu um verdadeiro ataque contra defesa e, de tanto insistir, o Verdão chegou ao tento da igualdade, com Flaco Lopez, aos 44. E quando a façanha palestrina já parecia suficientemente absurda, Murillo surgiu na área, nos acréscimos, numa bola parada, para decretar a ‘remontada’ do Palestra e frustar os cariocas.

E agora?

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 56 pontos na tabela de classificação e agora está a apenas 3 do Botafogo, que soma 59, com um jogo a menos. No próximo sábado (4), o Verdão recebe o Athletico-PR, no Allianz Parque, às 21h30. O Botafogo, por sua vez, enfrenta o Vasco no Maracanã, segunda-feira (6), em um clássico regional decisivo para ambas as equipes.

 

Confira outros resultados da noite:

. Corinthians 1 x 0 Athletico-PR

. Flamengo 1 x 2 Santos

. Coritiba 1 x 2 Grêmio

. Atlético-MG 3 x 1 Fortaleza