24 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Justiça

PGE desapropria área onde será construído resort em Coruripe

Ação de fomento ao turismo permitirá a construção da segunda unidade da rede portuguesa Vila Galé em Alagoas

Local em Coruripe onde será construído o resort internacional. Foto: Thiago Sampaio / Agência Alagoas

A Procuradoria-geral do Estado de Alagoas (PGE) firmou acordo para desapropriar a primeira área no município de Coruripe que será destinada à construção de mais um resort da rede Vila Galé. A ação em favor do Governo do Estado possibilitará um novo investimento para o desenvolvimento econômico em Alagoas, desta vez através do ramo hoteleiro.

O acordo entre o Estado e o ente privado foi homologado nesta segunda-feira (13) pela 12ª Vara de Coruripe. Com ele, fica liberada uma área de 11.821 hectares, com perímetro de 1.392,8 m, onde será construído o segundo resort da rede internacional Vila Galé em Alagoas, sendo o primeiro no Litoral Sul.

Os recursos utilizados para o pagamento das indenizações são do Governo do Estado e a área será destinada ao Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado de Alagoas (Prodesin), que fará a transferência da área para a Rede Vila Galé através do seu programa de incentivo locacional.  Para essa primeira desapropriação o valor pago foi de R$ 18 milhões de reais.

De acordo com a Procuradoria Judicial da PGE, ainda está em curso, mas em estágio bastante avançado, o segundo acordo que vai desapropriar mais uma área destinada para o mesmo empreendimento.

Segundo a procuradora-geral, Samya Suruagy, a atuação jurídica nos processos de desapropriação tem trazido grandes avanços para as políticas de desenvolvimento em Alagoas. “Essa é uma das funções da PGE e o setor Subunidade de Patrimônio e Imobiliária tem trabalhado com celeridade, pois sabemos que essas ações envolvem geração de empregos e fomenta o crescimento do Estado”, disse Samya Suruagy.