1 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Expresso

PGJ Márcio Roberto empossa 25 novos assistentes de promotorias e procuradorias de Justiça

O procurador-geral de Justiça, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, dando sequência ao preenchimento dos cargos de assistentes de promotorias e procuradorias de Justiça criados por meio da Lei nº 8.769/2022, deu posse, nesta segunda-feira (8), a 25 novos servidores do Ministério Público do Estado de Alagoas. Ao todo, desde as primeiras nomeações, que começaram a acontecer em 2023, são 73 profissionais que passaram a colaborar com o trabalho desenvolvido por promotores e procuradores de Justiça em vários municípios alagoanos.

Alyce de Carvalho Botelho, Ana Carolina Ferraz Buarque, Barbara Amaral Costa Machado, Lara Camila Pontes de Melo Guimarães, Marcielly Marques de Farias Silva, Maria Eduarda Oliveira da Silva Almeida, Gabrielle Silva Nanes de Luna, Giovanna Dantas Meneghini, Monalisa da Fonseca Barbosa, Paulo Jorge Cavalcante Costa Filho e Sandryelle Paulino da Silva são os 11 novos assistentes de procuradoria de Justiça.

Os assistentes de promotorias nomeados são Arla da Costa Pereira, Beatriz da Costa Saraiva, Ícaro Marconde Chaves Granja de Oliveira, Kamilla Borges dos Santos, Layanne Barbosa Freitas Martins, Líssia Santos Dias, Luiz Fernando Maia Barbosa, Maria Fernanda Amorim Ferreira, Mariana Falcão Bastos Costa e Rafael Pereira Costa. Já Everson Diego Bento da Silva, Manuella Goes da Fonseca, Thalita Adla Cavalcanti Fonseca Malta de Campos e Maria Madalena Oliveira Simões Leão são os mais recentes assessor técnico, chefe de gabinete e assessora de gabinete do MPAL.

“Quando somarmos tudo, serão 77 cargos de assistentes de promotoria e de procuradoria, ou seja, teremos dezenas de servidores contribuindo para que o nosso Ministério Público desenvolva ainda melhor a sua prestação de serviços à sociedade. Começamos as nomeações ainda no ano passado e, agora em 2024, já começamos a empossar novos servidores, tudo isso, claro, de acordo com a disponibilidade orçamentária do MPAL. Ressaltamos que este foi um compromisso assumido pela nossa gestão que seguirá sendo colocado em prática. Sabemos da necessidade de promotores e procuradores de Justiça em terem assessoria para lhes auxiliar e vamos trabalhar para que isso possa se tornar uma realidade em breve em todos os órgãos de execução”, afirmou Márcio Roberto Tenório de Albuquerque.

Sandryelle Paulino, nomeada para o cargo de assistente na 2ª Procuradoria de Justiça Cível, falou da alegria vivida neste momento: “Comecei como estagiária e, agora, tenho a oportunidade de colocar tudo em prática do que aprendi, contribuindo, mais ainda, na prestação de serviços do MPAL para com a sociedade. Estou muito feliz e grata, e darei o meu melhor à instituição”, disse ela.

A cerimônia de posse foi acompanhada por membros, dentre eles, o corregedor-geral, Maurício Pitta, o diretor da Escola Superior, Walber Valente de Lima, os procuradores de Justiça Isaac Sandes, Hélder Jucá e Neide Camelo, os promotores de Justiça Humberto Bulhões, Edelzito Andrade, Maurício Wanderley, Shanya Dantas, Ivaldo Pinto e Luiz Alberto, por servidores, que estavam representados pelo vice-presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Alagoas, Diogo Lessa, e por familiares dos empossados.

Funções dos cargos

Os assistentes têm a missão, dentre outras coisas, de realizar serviços auxiliares de apoio técnico e administrativo, atuar diretamente no assessoramento imediato de Promotorias e Procuradorias de Justiça em atividades fim e meio, elaborar minutas de documento, fazer triagem para atendimento ao público, organizar atividades da agenda funcional e controlar correspondência.

Servidores efetivos

O Ministério Público também segue convocando novos servidores efetivos. Recentemente ocorreram 13 novas nomeações. O concurso tem validade até o próximo mês de agosto.