1 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Policia

Polícia investiga ameaça de morte a influencer pernambucana, após postagem de Michelle Bolsonaro

‘Deveria jogar uma bomba em todos os Nordestinos’, ataca em ameaça um dos internautas seguidor de Michelle

Karina e Michelle em meio a onda de ódio na internet

A Polícia Civil de Pernambuco passou a investigar as ameaças de morte e as ofensas xenófobas nas redes sociais contra a influencer Karina Santos, depois que a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL) expôs seu perfil, em um story, no Instagram, uma publicação da permambucana.

As ameaças começaram quando Michelle Bolsonaro, no dia 4 de janeiro, postou um print de uma postagem da influencer com a legenda “Terrivelmente petista. Como uma boa comunista-caviar, ama um dinheirinho”. Na imagem de um post de Karina, que declara ser petista, no Twitter, havia uma montagem do casal Bolsonaro sendo preso pela Polícia Civil e desejando “que tudo se realize no ano que vai nascer”.

Bomba para desaparecer nordestinos

Desde então, Karina alega que anda recebendo mensagens como “por que não se mata logo?”, “Quero um Adélio na sua vida”, recordando Adélio Bispo de Oliveira, responsável por uma facada no então candidato à presidência Jair Bolsonaro (PL) em 2018. Outra pessoa chegou a dizer que “deveria jogar uma bomba para desaparecer todos (nordestinos)”.

Outro usuário mandou uma mensagem no privado dizendo que ela viraria “camisa de saudade”. A polícia afirmou que a ocorrência foi registrada no dia 10 de janeiro e que os fatos serão apurados.