14 de junho de 2024Informação, independência e credibilidade
Policia

Polícia prende em Maceió preparador físico acusado de estuprar o filho e mais oito crianças

Profissional com experiência internacional

A Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit) Polícia Civil realizou, na tarde deste domingo (5), a prisão de um preparador físico, acusado der estupro de vulneráveis envolvendo várias crianças e adolescentes.

A prisão foi efetuada após a mãe de uma das vítimas denunciar o ex-marido, acusado de abusar de seu próprio filho, começando a realizar os estupros quando a criança tinha apenas quatro anos, em 2018.

A família morava em João Pessoa, na Paraíba e o casal se separou porque, segundo a mãe, o homem passou a ser agressivo com ela. Após a separação, a guarda da criança foi compartilhada. Ela se mudou para a França e conseguiu autorização para levar o filho junto. O crime aconteceu quando a criança veio passar férias com o pai.

O acusado já trabalhou no estado de Alagoas, na cidade de Barra de São Miguel, e estava com mandado de prisão em aberto, expedido pela 7ª Vara Criminal de João Pessoa, em 27 de outubro deste ano. A mãe da vítima, que residia na França, trouxe seu relato para as autoridades brasileiras, anexando-o ao processo em andamento na Paraíba.

Além disso, ele enfrenta processo criminal no Estado de Alagoas pelo mesmo crime, contra outras oito vítimas, e possui experiência profissional em países como Alemanha, Bélgica e Argentina, trabalhando como educador físico para crianças e adolescentes nesses países.

Após sua prisão, ele foi conduzido à Central de Flagrantes para cumprimento do mandado de prisão e está à disposição da Justiça, uma vez que seu mandado já transitou em julgado e tem uma pena de 13 anos e 6 meses de prisão para ser cumprida. Na época, seu filho tinha 4 anos de idade