24 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Policiais penais transferem presos perigosos do Agreste para Maceió

Operação reuniu quarenta policiais penais, com apoio de grupamentos especializados da PM

Os policiais penais de Alagoas iniciaram a semana com uma importante operação de transferência de oito presos do Presídio do Agreste, em Girau do Ponciano, para unidades prisionais de Maceió. A medida, que reforça o combate à criminalidade, impede ações de presos perigosos líderes de facções criminosas dentro e fora do sistema prisional.

A operação reuniu quarenta policiais penais, com apoio de grupamentos especializados da Polícia Militar como o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), BPRV (Batalhão de Polícia Rodoviária) e o grupamento aéreo.

“Hoje estamos realizando a transferência de oito reeducandos do Presídio do Agreste para a capital para serem incluídos no Regime Diferenciado Disciplinar (RDD). Essa ação foi solicitada pela secretaria e a Justiça determinou esse regime. São presos de facções criminosas que estavam tentando criar instabilidade dentro do sistema prisional”, declara Carlos Voss, policial penal e secretário-executivo de gestão penitenciária da Seris.

O RDD, que consta na Lei de Execução Penal, é uma forma especial de cumprimento da pena no regime fechado, que consiste na permanência do reeducando em cela individual, com limitações ao direito de visita e do direito de saída da cela.

“É meta da Seris e da Polícia Penal manter a ordem e a disciplina dentro dos presídios. Ação como essa de transferência de integrantes de facções criminosas fortalecem a Segurança Pública de Alagoas”, enfatiza o secretário Diogo Teixeira.