19 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Expresso

Prefeitura tirou mais de 420 toneladas de lixo da foz do Salgadinho

Entulhos descartados irregularmente pela população chegaram à Praia da Avenida, onde o riacho deságua, acumulando-se nas areias; coleta foi feita pela Autarquia de Desenvolvimento Sustentável e Limpeza Urbana

Após as chuvas, Prefeitura tirou mais de 420 toneladas de lixo da foz do Salgadinho
Autarquia de Limpeza Urbana limpou a Foz do Salgadinho, tirando mais de 420 toneladas de lixo acumulado no local após as chuvas. Foto: Jonathan Lins/Secom Maceió
Após as fortes chuvas que atingiram a capital no início da semana, a Autarquia Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Limpeza Urbana (Alurb) já retirou cerca de 429 toneladas de lixo, derivados do descarte irregular por toda a cidade, na foz do Riacho Salgadinho, na Praia da Avenida.

Durante o período chuvoso, o serviço é ampliado no local devido à grande quantidade de resíduos que acabam indo parar na faixa de areia, levados pelo córrego junto com as águas pluviais.

Foto: Jonathan Lins/Secom Maceió
Foto: Jonathan Lins/Secom Maceió

Contando com a ajuda de máquinas, os agentes de limpeza da Autarquia trabalham intensamente na varrição e recolhimento de itens como latas, garrafas de vidro, garrafas PET, plásticos em geral e até volumosos, como sofás, camas e colchões.

O diretor-presidente da Alurb, Moacir Teófilo, entende que a ampliação é necessária, tendo em vista a quantidade de lixo que é levado pelas águas pluviais.

“Durante o período chuvoso fica complicada a situação da foz do Riacho Salgadinho, pois muito lixo é arrastado pelas águas. A prática do descarte irregular realizada na cidade prejudica nosso trabalho e ofende o meio ambiente”, disse.

As equipes ainda continuam trabalhando no local para extrair mais resíduos da região. A previsão é que algumas toneladas de lixo ainda sejam recolhidas até o fim desta semana.