20 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Quando os novos vendilhões dos templos usam e abusam dos incautos, fanáticos pelo “Padim Ciço”

Cá pra nós, esse mundo está dominado pela ignorância e os oportunistas de plantão

Um escandaloso caso de ignorância e de abuso dos novos vendilhões dos templos.

Impressionante o nível da ignorância e do deboche nos tempos atuais.

É o caso do homem flagrado em uma blitz policial na cidade de Paulo Jacinto, agreste alagoano, com uma Carteira de Habilitação (CNH) falsa.

Seu “documento” trazia, de um lado, a foto do Padre Cícero  e do outro, a de Frei Damião. Os dois tidos como santos por uma imensa legião de admiradores.

O cidadão idoso, que conduzia uma criança na garupa de sua moto, é, antes de tudo, uma vítima de espertalhões: “os novos vendilhões dos templos”.

Ora, os debochados se aproveitaram da inocência do ancião e lhe venderam a carteira de habilitação, exatamente no Juazeiro do Norte(CE) terra dos fanáticos pelo Padre Cícero Romão Batista.

Na sua ignorância plena, o homem parado na blitz tinha a certeza de que a carteira era válida. Alguém lhe jurou pelo “Padim Ciço” que ele teria passe livre nas fiscalizações de trânsito, em nome dos “santos”.

Incrível, que mesmo orientado sobre a carteira falsa, o cidadão paulojacintense insistiu que era um documento válido, da igreja, até por que havia comprado no Juazeiro.

O documento falso trazia prazo de validade “indeterminado” e categoria “religiosa”.

Felizmente, a polícia não viu má fé do idoso e o conduziu para casa. Mas sabe que, com toda certeza, há outras vítimas desses vendilhões dos templos que usam o nome de Deus e a religião, para enganar a boa fé dos incautos.

Triste de um mundo dominado pela ignorância.

E esse está impregnado por ela e pelos oportunistas de plantão.