17 de julho de 2024Informação, independência e credibilidade
Justiça

Recursos hídricos são tema de fiscalização em São José da Tapera

Visitas de rotina fazem parte de procedimentos administrativos instaurados pela 5ª Promotoria de Justiça da Capital

Como forma de acompanhar o manejo dos recursos hídricos no estado, o Ministério Público de Alagoas realizou visitas técnicas em São José da Tapera. Na ocasião, o órgão fiscalizou o andamento das obras de revitalização da Lagoa Caiçara, bem como propriedades de pequenos produtores atendidos pelo Canal do Sertão.

De acordo com a promotora de Justiça Lavínia Fragoso, as visitas de rotina fazem parte de procedimentos administrativos instaurados pela 5ª Promotoria de Justiça da Capital. “No dia 6 de março, estivemos na Lagoa Caiçara, juntamente com a Semarh, para acompanhar o andamento das obras de revitalização que estão sendo feitas no local”, relatou.

Já no dia 7 de março, o MPAL visitou pequenos produtores atendidos pelo Canal do Sertão para conhecer o trabalho realizado por eles no que se refere ao uso e aproveitamento da água. Segundo a promotora, a ideia é replicar boas iniciativas de gestão de recursos hídricos junto a outros produtores que também fazem o uso da água proveniente do canal.

Homenagem

Na oportunidade, os promotores de Justiça Lavínia Fragoso, Alberto Fonseca e Kleber Valadares receberam homenagem feita pelo Instituto SOS Caatinga ao Ministério Público de Alagoas pelo trabalho que a instituição realiza em prol do meio ambiente, com destaque para a participação do MPAL na Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do São Francisco.

A entrega da homenagem foi feita durante o lançamento do projeto Guardiões da Caatinga, que busca estimular, junto a alunos da rede pública, educação e consciência ambiental. Além do MPAL, participaram do evento a Prefeitura de São José da Tapera, MPF, OAB, BPA, entre outras entidades.