1 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Rompimento da mina: Paulo Dantas reafirma convite para reunião com JHC

Governador diz em nota que convite foi feito desde sexta-feira para reunião conjunta com o governo federal nesta segunda-feira

Dantas e JHC podem se reunir nesta segunda-feira, em Palácio

Logo após o rompimento da mina 18 dentro da Lagoa Mundaú, no Mutange, o governador Paulo Dantas divulgou nota oficial em que afirma ter reafirmado convite feito ao prefeito de Maceió, JHC, para uma reunião em palácio, nesta segunda-feira, 11.

Pelo Instragram, o governador gravou vídeo dizendo que o Estado acompanha o início do colapso da mina 18, na tarde deste domingo e que amanhã (segunda-feira) teremos uma reunião conjunta entre Governo do Estado, os nove municípios da Região Metropolitana de Maceió e governo federal.

Após a publicação em vídeo, ele divulgou nota oficial para reafirmar o convite feito ao prefeito de Maceió, que é um adversário político, onde ambos vivem em cenário de ampla polarização. Dantas é lulista e JHC é bolsonarista.

Veja a íntegra da nota do governador:

Diante do rompimento da mina 18, que ocorreu agora há pouco, com dano localizado e, graças a Deus, sem nenhuma vítima, pois a área está isolada e desabitada, ordenei o deslocamento do secretário de Estado do Gabinete Civil e do coordenador da Defesa Civil Estadual até o Gabinete de Crise do município, atendendo assim uma solicitação do prefeito JHC.

Quero também reafirmar o convite ao prefeito de Maceió, já feito desde sexta-feira, para uma reunião conjunta entre Governo de Alagoas, governo federal e as nove prefeituras afetadas pelo Crime da Braskem na manhã desta segunda-feira, no Palácio República dos Palmares, onde a gente irá definir medidas para somar esforços, no sentido de construir uma ação conjunta, visando o enfrentamento dos impactos causados pela Braskem, especialmente contra os moradores das áreas sob risco, e os pequenos comerciantes que foram expulsos de suas localidades.

Eu desejo reforçar o papel do Estado, que segue analisando todos os impactos ambientais deste colapso e a forma de responsabilização da mineradora.

Fico, portanto, aguardando o prefeito de Maceió e sua equipe nesta segunda-feira, a partir de 8hs, no Palácio do Governo.