18 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Brasil

Saiba mais sobre a onda de calor deve atingir mais de 1.400 cidades do Brasil

Onda de calor se deve à intensificação de massa de ar quente, um reflexo do El Niño,

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), uma onda de calor deve atingir 1.413 municípios do Brasil até a próxima terça-feira (14). Neste período, o calor deve ficar até cinco graus acima da média, representando inclusive risco à saúde das pessoas.

Classificada como “perigo” no Inmet, o nível é o intermediário entre os três previstos na escala de grau de severidade do instituto para fenômenos meteorológicos (perigo potencial, perigo e grande perigo).

A cidades atingidas estão espalhadas por 12 estados: Amazonas, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo e Tocantins.

Inmet recomenda que cidadãos procurem a Defesa Civil em caso de necessidade. O serviço atende em todo o país por meio do telefone 199.

A onda de calor se deve à intensificação de massa de ar quente, um reflexo do El Niño, fenômeno climático que favorece bloqueios atmosféricos e aumento do calor na região central do país. Isso de acordo com meteorologistas,

A cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, registrou ontem recorde de temperatura no ano e sensação térmica de 50,5ºC. O indicador foi verificado às 13h55 em Irajá, bairro da zona norte carioca.

A temperatura máxima do dia na cidade foi verificada na mesma região: 42,5ºC. No sábado (11), a sensação térmica já tinha batido 47,2ºC no Rio.

Confira algumas das precauções:

  • Mantenha-se hidratado;
  • Evite a exposição ao sol nos horários mais quentes;
  • Não se exercite quando a temperatura estiver alta;
  • Evite o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Faça refeições leves e de fácil digestão;
  • Use roupas frescas, de cores claras e tecidos respiráveis.