20 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Seinfra, Semarh e SNSH debatem obras incluídas no Novo PAC

Entre as obras discutidas estão a construção do trecho V do Canal do Sertão e o Programa Minha Casa, Minha Vida

Infraestrutura e Meio Ambiente também trataram sobre estratégias para o período de estiagem em Alagoas. Foto: Felipe Lima / Ascom Seinfra

O secretário de Estado da Infraestrutura (Seinfra), Rui Palmeira, se reuniu na manhã desta quinta-feira (14), com o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Gino César, o diretor do departamento de obras hídricas e apoio a estudos sobre segurança hídrica da Secretaria Nacional de Segurança Hídrica (SNSH), Kleyber Oliveira da Nóbrega, além de superintendentes e técnicos do próprio órgão para tratar das obras do PAC em Alagoas.

“É importante esse trabalho integrado das secretarias para o andamento das obras hídricas em todo o estado de Alagoas, assim como a participação do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, através da Secretaria Nacional de Segurança Hídrica. Com isso conseguiremos levar mais água para a população, garantindo mais qualidade de vida e mais dignidade para o povo alagoano”, declarou Rui Palmeira.

Com mais obras incluídas no Novo PAC, do Governo Federal, Alagoas receberá incentivos para dar celeridade a obras estruturantes, que trarão desenvolvimento para o estado. Algumas dessas obras são a construção do trecho V do Canal do Sertão e as obras de moradias, pelo Programa Minha Casa, Minha Vida. O investimento total de recursos já destinados para Alagoas é de aproximadamente R$ 15,4 bilhões.

O Canal do Sertão Alagoano é a maior obra de infraestrutura hídrica de Alagoas, e uma das maiores do Nordeste, sendo implantado pelo Governo de Alagoas em convênio com o Governo Federal. Quando concluído, o empreendimento irá beneficiar 42 municípios e mais de um milhão de alagoanos, sendo útil no abastecimento urbano, rural e também para a irrigação de plantações. O projeto do Canal do Sertão abrange a construção de oito barragens, sendo quatro na região do Vale do Paraíba e quatro na região do Vale do Mundaú, além das obras da bacia leiteira, fundamental para melhorar o fornecimento de água na região.

Para o secretário Gino César, a integração entre o Governo Federal e o Governo de Alagoas é importante, uma vez que a prioridade para o estado é a construção do quinto trecho do Canal do Sertão.

Também estiveram presentes na reunião, representando a Seinfra, o superintendente de Habitação, Mac Lira, o superintendente de Infraestrutura Hídrica, Alexandre Barros, o superintendente de Projetos Especiais e Infraestrutura Hídrica Eduardo Ribeiro. Pela Semarh, o superintendente de Recursos Hídricos, Jorge Briseno e o assessor de Governança e Transparência, Max Luis.